PUBLICIDADE
Topo

Lollapalooza Chicago dará ingressos para quem se vacinar contra Covid-19

Público durante o festival Lollapalooza, no Grant Park, em Chicago  - Divulgação
Público durante o festival Lollapalooza, no Grant Park, em Chicago Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/06/2021 15h45Atualizada em 14/06/2021 09h42

O departamento de saúde de Chicago, nos Estados Unidos, irá distribuir 1.200 ingressos do Lollapalooza para cidadãos que tomarem a vacina contra Covid-19.

A distribuição dos ingressos será realizada no dia 26 de junho em postos selecionados. Assim que imunizada, a pessoa receberá um ticket para um dia do festival - que está marcado para ocorrer entre 29 e julho e 1 de agosto.

O órgão de saúde anunciou também que, além da vacina e o ingresso gratuito, os locais de imunização serão transformados em "experiências Lollapalooza", com DJs e brindes da marca.

Charlie Walker, o cofundador da C3 Presents, que produz o festival, disse à imprensa que "Lollapalooza chamou Chicago de seu lar nos últimos 16 anos e que a empresa está feliz em apoiar a cidade para incentivar a vacinação".

Todos os locais selecionados irão imunizar as pessoas com a vacina Johnson & Johnson, então os candidatos devem ser maiores de 18 anos.

Atualmente estão confirmados no Lollapalooza de Chicago nomes como Foo Fighters, Miley Cyrus, Post Malone, Tyler, the Creator e Journey. A edição brasileira do festival foi remarcada três vezes e deve ocorrer em março de 2022.