PUBLICIDADE
Topo

Seu Jorge é condenado a pagar R$ 200 mil à família de Mário Lago

O cantor e compositor Seu Jorge - Reprodução / Instagram
O cantor e compositor Seu Jorge Imagem: Reprodução / Instagram

De Splash, em São Paulo

31/05/2021 12h24

Seu Jorge teve mais uma derrota no processo movido pela família do compositor Mário Lago (1911-2002). A ação se deve ao uso da canção "Ai que saudade da Amélia" na música "Mania de peitão".

Desta vez, em sentença assinada pelo juiz Marcos Antonio Ribeiro de Moura Brito, o cantor e compositor foi condenado a pagar R$ 200 mil de indenização à família de Mário — a quantia será monetariamente corrigida até o pagamento.

Além de Seu Jorge, também constam como réus do processo o outro compositor de "Mania de peitão", Bento José Amorim; a ST2 Music Ltda; e a Universal Music. A informação foi confirmada a Splash pelo TJRJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro).

De acordo com a sentença, o valor da indenização corresponde "aos reflexos patrimoniais decorrentes da violação a direito de autor." A condenação foi por danos morais.

O processo tramita na 29ª Vara Cível desde 2007. Inicialmente, a indenização seria de R$ 500 mil. Os réus recorreram da decisão e o processo foi para apreciação em segunda instância.

Procurado via assessoria de imprensa, Seu Jorge ainda não se pronunciou sobre o assunto.