PUBLICIDADE
Topo

Demi diz que seu tratamento inclui pequenas quantidades de álcool e maconha

Demi Lovato  - Reprodução/Instagram
Demi Lovato Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

08/04/2021 18h13

Demi Lovato explicou, durante entrevista para o apresentador Ross King, que continua consumindo quantidades moderadas de álcool e maconha, mas que isso faz parte de seu tratamento de reabilitação contra o vício.

A cantora de 28 anos, que sofreu uma overdose quase fatal em 2018, fala sobre o assunto em sua série documental "Dancing With the Devil", onde retrata saúde mental e sua batalha contra as drogas.

"Aprendi que fechar a porta às coisas me faz querer abrir essa porta ainda mais. Aprendi que não funciona para mim dizer: 'Eu nunca vou fazer isso de novo'", ela explica no documentário. Demi também garante que não usa mais "coisas que vão matá-la".

Durante o bate papo, Ross King lembrou um trecho de "Dancing With the Devil" em que Elton John diz não achar certo que Demi, use substâncias pela qual ela está tentando se curar de um vício durante sua reabilitação, mas a cantora diz entender o posicionamento do cantor.

"Ele tem crenças diferentes das minhas e tudo bem", respondeu ela.

Demi também falou sobre suas composições e a importância que a música tem em sua vida. Em seu clipe de "Dancing with the Devil", a cantora recriou cenas do dia de sua overdose, há três anos.

"Nunca é fácil falar sobre traumas ou coisas que você passou, mas sou muito grata pela música, porque a música me deu algo pelo que viver na minha vida quando eu não sentia que tinha muito pelo que viver", afirmou.

Em seu documentário, Demi ressalta a importância de acompanhamento especializado para seguir com tratamento igual o dela, e que o método pode não funcionar para todos os dependentes químicos.