PUBLICIDADE
Topo

Homem vê 'Vingadores' 191 vezes no cinema em 90 dias e entra no Guinness

Romiro Alanis assistiu "Vingadores: Guerra Infinita" 191 vezes e entrou para o Livro dos Recordes - Divulgação/Guinness World Records
Romiro Alanis assistiu 'Vingadores: Guerra Infinita' 191 vezes e entrou para o Livro dos Recordes Imagem: Divulgação/Guinness World Records

De Splash, em São Paulo

30/03/2021 12h52

Um cinéfilo da Flórida (EUA) entrou para o Guinness World Book, o Livro dos Recordes, após assistir ao filme "Vingadores: Ultimato" (2019) por 191 vezes nos cinemas, dentro do período de 90 dias.

Romiro Alanis disse que teve a ideia de quebrar o recorde de assistir a mesma produção cinematográfica centena de vezes após saber que o ex-recordista, NemRaps, viu "Vingadores: Guerra Infinita" (2018) — filme anterior da franquia da Marvel — por 103 vezes.

Em "Vingadores: Ultimato", os heróis precisam aprender a lidar com a dor da perda dos amigos e entes queridos depois que Thanos matou metade das criaturas vivas no filme anterior. Capitão América/Steve Rogers (Chris Evans) e a Viúva Negra/Natasha Romanov (Scarlett Johansson) precisam enfrentar o titã enquanto Tony Stark (Robert Downey Jr.) está perdido no espaço sem água ou alimentos.

"Os filmes nos ensinam mensagens profundas sobre a vida, a cultura e a sociedade", disse Alanis ao site do Guinness. Ressaltando que os filmes de super-heróis, em particular, podem ensinar a "ajudar os necessitados".

"Podemos não ter superpoderes, mas com atos de bondade podemos mudar a vida de alguém", disse o homem que se identifica com Steve Rogers, o "Capitão América", interpretado pelo ator Chris Evans.

Se você estiver preocupado, pode ficar calmo pois o recorde de Alanis foi finalizado no dia 29 de julho de 2019, antes da pandemia do novo coronavírus.

Apesar de ter completado o recorde há quase 2 anos, somente neste mês o homem foi oficializado como recordista após a demora no processamento do pedido e exame das provas enviadas para comprovação, como fotos e os recibos dos ingressos.

"A parte mais difícil dessa tentativa foi desistir de minha vida social com minha família, da academia (perdi 16 quilos de músculos) e administrar minhas horas de trabalho e tempo de exibição nos cinemas", contou o homem que agradeceu as pessoas que o apoiaram durante a tentativa de bater o recorde.