PUBLICIDADE
Topo

A cena da trilogia Batman que foi tão violenta que teve que ser cortada

Cena do filme "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" (2012)
Cena do filme "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" (2012)
Reprodução

De Splash, em São Paulo

18/09/2020 21h34

"Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" — o final da trilogia do herói da DC nos cinemas — tem mais de 8 anos, mas ainda prega algumas surpresas.

O ator Matthew Modine contou recentemente que o diretor Christopher Nolan teve que cortar uma cena por ser extremamente violenta, o que teria que alterar a classificar etária do filme de 13 para 17 anos.

Modine viveu Peter Foley no filme, que morreu alvejado por um tiro na batalha final. Mas a cena original seria bem diferente.

Continua depois da publicidade

Marion [Miranda] começa a se afastar e eu estou atirando nela. E então sou atropelado. Tudo o que Nolan fez foi apenas cortar [a cena], e então eu estou no chão, morto. Mas foi tão violento... O meu dublê foi atropelado pelo carro."

O ator Matthew Modine como Peter Foley em "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" (2012) - Reprodução - Reprodução
O ator Matthew Modine como Peter Foley em "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" (2012)
Imagem: Reprodução

Ele deu mais detalhes de como a cena foi planejada e como seu dublê acabou passando por apuros

Eles colocaram uma coisa de acrílico na frente [do carro] e ele foi atingido. Eles tinham cordas para puxá-lo para o ar, mas ele subiu e o derrubaram de cerca de quatro metros, e o som de seu corpo batendo na rua de paralelepípedos em frente à Bolsa de Valores de Nova York foi repugnante.

O ator conta que se lembra de que Nolan ficou assustado com a cena e tentou prosseguir normalmente a gravação, mesmo percebeu que teria que mudar algumas coisas no final.

Continua depois da publicidade

Relembre como foi a morte de Foley no corte final: