PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

GloboNews, Viva e Discovery são os canais mais vistos pelos mais ricos

Margareth Dalcolmo, Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Atila Iamarino debatem coronavírus na GloboNews em 12 de julho - reprodução/GloboNews
Margareth Dalcolmo, Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Atila Iamarino debatem coronavírus na GloboNews em 12 de julho Imagem: reprodução/GloboNews
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

01/11/2020 06h01Atualizada em 03/11/2020 10h03

No disputado mercado da TV por assinatura, um dos segmentos mais disputados é o dos espectadores mais ricos, das classes AB. É uma informação que interessa de perto, por razões óbvias, ao mercado publicitário.

tv paga - Reprodução - Reprodução
Canais da TV por assinatura mais vistos por espectadores das classes AB
Imagem: Reprodução

O quadro ao lado traz o ranking dos 20 canais mais bem posicionados neste extrato social nos 15 maiores mercados de televisão do pais (PNT). Os dados se referem a 2020 (De 1º de janeiro a 22 de outubro).

Em junho, a CNN Brasil divulgou que é o canal de notícias com maior percentual de espectadores neste segmento (80%), à frente da GloboNews (76%). No ar desde 15 de março, o canal está apenas em 19º lugar levando em conta o número absoluto de espectadores.

Considerando não a audiência, mas apenas o perfil socioeconômico do público, em junho de 2020 os cinco canais com maiores percentuais de espectadores nas classes AB eram: H2 (83%), Films & Arts (83%), CNN Brasil (80%), HGTV (78%) e Travel Box Brasil (76%).