Topo

Preto e branco na decoração é clássico e atemporal - e pode ser inovador

No projeto da Ahgá Arquitetura, o branco predomina, podendo ser observado nos principais móveis e no teto. O contraste em preto, embora pouco, marca detalhes importantes, caso do tapete, que define a circulação no ambiente. Imagem: Mariana Orsi

Thaís Lopes Aidar e Glau Gasparetto

Colaboração para Nossa

04/07/2022 04h00

Assim como no mundo fashion, apostar no duo preto e branco na hora de decorar a casa é decisão certeira. Diferentemente de outras modinhas, a combinação clássica traz o toque elegante aos cômodos, mas também pode ser a carta na manga para quem quer inovar, desde que os tons sejam bem trabalhados.

"Por serem neutras, as cores trazem elegância, versatilidade e modernidade. Só haverá pontos negativos se forem usadas de um jeito errado, com a intenção de aumentar ou diminuir a sensação de espaço, por exemplo", afirma a arquiteta Rosângela Pena.

Na hora de distribuir cada cor, vale ter em mente os prós e contras para trabalhar com a melhor dosagem. Como lembra Rosângela, o preto deixa o cômodo elegante e disfarça imperfeições, enquanto o branco amplia e traz neutralidade.

"Já as desvantagens são um ar mais pesado ao abusar do escuro e facilidade de sujar com o tom mais claro", acrescenta.

No projeto da arquiteta Rosângela Pena, o preto se consagra no painel, na mesa de centro e na escultura da parede. Enquanto isso, o branco integra a composição, trazendo sofisticação. Imagem: Sidney Doll

Combinando com outros tons

Trazer mais cores ao cenário P&B não é obrigatório, mas é boa pedida para harmonizar o espaço, considerando que uma terceira ou mais cores funcionarão como detalhe da decoração escolhida. Tal inserção valoriza ainda mais as nuances neutras.

No projeto da Mis Arquitetura, o granito preto ganha destaque, tornando o chão o principal ponto decorativo da sala. A cor preta segue valorizada nos puffes e tapete, criando um ambiente confortável. O fundo do cômodo é majoritariamente branco, trazendo o lado clean necessário diante da escolha do chão colorido. Imagem: Divulgação

Segundo a também arquiteta Camila Giongo, as melhores cores para pincelar o universo preto e branco são as quentes, como vinho, vermelho, laranja, amarelo e púrpura. Já os tons mais frios, como os de verde ou azul, não compõem o espaço com tanta harmonia.

Entretanto, isso depende bastante do projeto, fator que também determina a distribuição das duas cores centrais. "Se a intenção é algo mais clean, pode predominar o branco nos móveis e o preto ser pontuado em objetos e detalhes. Enquanto isso, se o desejo envolver impacto, o preto certamente deve protagonizar", opina Rosângela.

Nesse apartamento, assinado por Fabiana Ferré, os ambientes se conectam de um jeito equilibrado e marcante. O resultado é forte, graças à predominação do preto, sem deixar de harmônico aos olhos. Imagem: Divulgação

Dosagem certa

Pesar a mão costuma causar sensações indesejadas nos ambientes, como deixá-lo muito "frio". Evitar isso exige conhecimento para dosar bem os tons.

Nem sempre a combinação P&B resulta em decoração forte. O projeto assinado pelo escritório Ximenes Leite Arquitetura, em parceria com a Interbagno, usou as cores como sinônimo de conforto, em ambiente delicado. Imagem: Leandro Farchi

"O segredo para não errar na decoração bicromática é buscar o equilíbrio no uso das cores. O preto sempre se destaca, então melhor escolher uma peça ou detalhe para ser o elemento em destaque — um sofá, um móvel ou até mesmo uma parede. No restante, deixe o branco se sobressair", sugere Camila.

Além disso, a arquiteta frisa a necessidade de saber bem quais os objetivos com a decór P&B, garantindo que os resultados fiquem alinhados com as expectativas.

Elegante, mas sem gastar muito

Apostando na decoração industrial, o arquiteto Carlos Mena tornou o branco majoritário na decoração e o preto foi destinado aos detalhes e acessórios. Imagem: Divulgação

Criar um cômodo mais sofisticado e clássico não significa, obrigatoriamente, gastar horrores. Alguns truques simples são eficazes para adotar a decoração preta e branca sem afetar o bolso, como indica a profissional Camila:

  • Pintar uma luminária antiga de preto ou de alguma cor quente, caso a intenção seja pincelar outros tons;
  • Usar capas de almofadas nas cores-base;
  • Decorar o sofá com xales ou mantas em P&B;
  • Investir em nichos ou prateleiras pretas na sacada e home office;
  • Apostar em adesivos nas cerâmicas de paredes para renovar o cômodo de um jeito rápido e econômico

Outro detalhe: quanto menos móveis, mais fácil será adaptar a casa ou espaço dentro da pegada alvinegra.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Preto e branco na decoração é clássico e atemporal - e pode ser inovador - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL