PUBLICIDADE
Topo

Baião-de-dois do Picuí

Divulgação
Imagem: Divulgação

90 min

2 porções

Médio

Ingredientes

Carne de sol

  • 500 grama(s) de contra-filé bovino limpo
  • 20 grama(s) de sal fino
  • 15 mililitro (ml) de manteiga de garrafa

Pirão de queijo coalho

  • 125 grama(s) de queijo de coalho
  • 250 mililitro (ml) de leite
  • 25 mililitro (ml) de manteiga de garrafa
  • 10 grama(s) de farinha de mandioca (use metade no início da receita e deixe a outra metade para engrossar o pirão caso necessário)
  • Pimenta-do-reino moída (opcional)
  • Sal a gosto

Baião-de-dois

  • 300 grama(s) de arroz cozido
  • 300 grama(s) de feijão fradinho cozido
  • 100 grama(s) de linguiça defumada (ou linguiça artesanal)
  • 150 grama(s) de carne de sol
  • 60 grama(s) de cebola picada
  • 40 grama(s) de farofa de bacon frito
  • 10 grama(s) de alho picado
  • 10 grama(s) de manteiga de garrafa
  • 20 mililitro (ml) de manteiga de garrafa
  • Sal a gosto
  • Coentro a gosto (pode substituir por salsinha)
  • Escalopes de carne de sol para servir
  • Pirão de queijo coalho para servir

Modo de preparo

Carne de sol

Espalhe o sal por toda a carne. Deixe desidratando na parte baixa da geladeira por quatro horas, sobre um escorredor ou recipiente furadinho, para que a salmoura não fique em contato com a carne.

Ao final das quatro horas, descarte a salmoura e salgue a carne mais uma vez nos pontos avermelhados (onde o sal não pegou da primeira vez) e retorne à geladeira por mais 24 horas para desidratar bem.

Passado este período, embale a carne em saco plástico e deixe no freezer congelada por 5 dias.

Para retirar o sal da carne, espere que descongele naturalmente, na parte baixa da geladeira, coloque em um recipiente com água e esfregue um pouco.

Deixe por 30 minutos e troque a água (repita o processo mais duas vezes).

Asse a carne em churrasqueira, até o ponto desejado ou doure de todos os lados em uma frigideira com manteiga de garrafa e leve ao forno para assar. Corte em escalopes (fatias finas) para servir sobre o baião-de-dois.

Pirão de queijo coalho

Corte o queijo em cubinhos de 2 cm e coloque no liquidificador com o leite, metade da farinha de mandioca e a manteiga de garrafa e processe até formar um creme.

Leve ao fogo médio, em uma panela, mexendo sempre até adquirir a consistência de um purê. Se for preciso, coloque um pouco mais de farinha de mandioca pra engrossar o pirão. E se ficar muito grosso, coloque um pouco de leite pra diluir.

Reserve para servir junto com o baião-de-dois.

Baião-de-dois

Corte a carne de sol, a linguiça e o queijo coalho em cubos pequenos, de cerca de 1,5 cm. Reserve.

Prepare a farofa de bacon com um pedaço do bacon cortado bem pequeno ou passado pelo moedor. Coloque numa frigideira, em fogo médio, e frite o bacon até ficar bem crocante e liberar toda a gordura. Escorra a gordura e coloque a farofa sobre papel-toalha para ficar bem sequinho. Reserve.

Refogue a cebola e o alho numa panela, com a manteiga de garrafa. Quando estiverem dourados, junte a linguiça e a carne de sol e refogue mais um pouco. Acrescente o arroz e o feijão cozidos e misture bem. Acerte o sal, se necessário.

Finalize com a farofa de bacon, o coentro picado e os cubinhos de queijo coalho e sirva com os escalopes de carne de sol e o pirão de queijo coalho.

Receita do chef Wanderson Medeiros, do restaurante Picuí, de Alagoas. Veja a reportagem completa.