PUBLICIDADE
Topo

É biscoito ou é bolacha? Comidas iguais levam diferentes nomes pelo Brasil

Do UOL, em São Paulo

19/03/2016 07h00

Você já chegou em uma padaria, pediu um cacetinho e todo mundo achou que você estava brincando? Ou foi à feira querendo comprar um jerimum e ninguém soube o que você queria?

Você não está sozinho. Em um país com 200 milhões de pessoas, é comum que o mesmo ingrediente atenda por nomes diferentes dependendo da região. Conheça algumas delas e esteja preparado para não cometer gafes. 

  • Getty Images

    Bolacha

    Na vida é assim: não discuta religião, política, ou se é biscoito ou bolacha. A guerra para definir qual dos dois é o certo é antiga e parece não ter fim. Parte do país (liderada pelos paulistas) defende que bolacha está correto e não existe discussão. Outra parte (encabeçada pelos cariocas) garante que biscoito é, sem dúvida o nome válido, e que bolacha pode ser, no máximo, o resultado de dois biscoitos com um recheio no meio.

  • Isadora Brant/Folhapress

    Abóbora

    Se você achava que o único nome da abóbora era esse, está enganado. Apesar de grande parte do país realmente chamá-la assim, no Nordeste você pode pedir um jerimum e levar para casa o fruto laranja sem nenhum problema.

  • Getty Images

    Mexerica

    No Sul, bergamota; no Nordeste, mimosa; no Sudeste, tangerina. Esses são alguns nomes da mexerica, que também pode ser conhecida por mandarina e ou ainda Ponkan, dependendo da região em que você estiver (ou da variação da fruta que você encontrar no mercado).

  • Antonio Gaudério

    Salsicha

    Se você estiver em Curitiba e quiser fazer um cachorro-quente, precisa comprar vinas e não salsichas. Sim, na capital do Paraná e em algumas cidades do interior do estado, ela é chamada de vina. A origem da palavra vem da salsicha Wiener, Viena em alemão.

  • Divulgação/Natasha Bagatoli

    Açaí

    A fruta que virou moda entre a geração fitness é chamada de açaí em quase todo o país - menos no Maranhão, onde é conhecida como juçara. No resto do Brasil, juçara é a planta que produz um tipo de palmito.

  • DeAgostini/Getty Images

    Fruta-do-conde

    No Nordeste, será difícil encontrar alguém falando em fruta-do-conde. Por lá, é mais comum se referir à fruta como atã ou ainda como pinha.

  • Divulgação

    Geladinho

    Chup-chup, sacolé, din-din: é assim que o geladinho é conhecido no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e no Nordeste, respectivamente.

  • Divulgação

    Pão francês

    Se você é de Porto Alegre, avisamos: pedir um cacetinho em uma padaria fora do estado pode criar muitos problemas. Em grande parte do país ele é conhecido como pão francês, mas no Rio de Janeiro e Minas Gerais você pode usar o termo pão de sal.

  • Getty Images

    Mandioca

    Ela é uma das paixões nacionais e tem vários nomes pelo Brasil. Além de mandioca, no Rio e em algumas regiões do Nordeste ela atende por aipim. No Norte e também no Nordeste, é macaxeira.