PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Ao enfrentar Serena em Roland Garros, brasileira imaginou vida na roça

Beatriz Cesarini e Rubens Lisboa

Do UOL, em São Paulo

05/11/2020 04h00

Em maio de 2016, Teliana Pereira venceu pela terceira vez um jogo em Roland Garros e teve como recompensa a oportunidade de enfrentar a americana Serena Williams, uma das maiores tenistas de todos os tempos. A brasileira não teve chances de vencer, mas saiu de quadra depois de ter perdido por 6/2 e 6/1 com a sensação de uma vitória.

Em longa entrevista ao UOL Esporte, a hoje ex-tenista relembrou do momento e revela que, enquanto estava em quadra, reproduziu uma retrospectiva de sua vida em sua cabeça.

"Vou poder falar para os meus filhos e os para os meus netos que eu joguei contra a Serena Williams em Roland Garros, que é um o torneio que eu mais amo e na quadra Suzanne Lenglen, pronto fechou. Foi incrível assim, desde o aquecimento, né, toda a preparação, então, eu fui dormir pensando 'caramba, vou jogar contra a Serena'", relembrou Teliana.

"Passou um filme na minha cabeça. Eu lembrei de onde eu saí e imaginei a realidade que eu teria se meu pai não tivesse a coragem de sair do Sertão. Na idade que eu estava, já teria, sei lá, cinco, seis filhos, e estaria lá trabalhando na roça. Mas não. Eu estava em Paris, na quadra Suzanne Lenglen, jogando contra a Serena Williams", acrescentou.

Ao todo, Teliana disputou 11 torneios de Grand Slam, sendo a primeira brasileira no século a jogar todos os quatro torneios do mais alto nível do tênis, com três vitórias, sendo todas em Roland Garros, em 2014, 2015 e 2016.

Tênis