PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcelo demonstra modéstia após voltar de lesão: "Não sou herói do Real"

18/10/2016 20h45

Madri, 18 out (EFE).- Desfalque do Real Madrid por um mês, período em que a equipe espanhola entrou em uma sequência de quatro empates, o lateral-esquerdo Marcelo retornou com duas vitórias, mas foi modesto e negou nesta terça-feira qualquer tipo de protagonismo nesses resultados.

O Real vinha de igualdades com Villarreal, Las Palmas, Borussia Dortmund e Eibar, partidas em que não contou com o brasileiro. O camisa 12 voltou no último domingo, quando ajudou na goleada sobre o Betis por 6 a 1, e hoje contribuiu para o 5 a 1 sobre o Legia Varsóvia, pela terceira rodada do grupo F da Liga dos Campeões.

"Minha participação não é chave, eu tento ajudar como o restante dos jogadores, que trabalham duro como eu. Tentei jogar meu futebol e ajudar, e merecemos a vitória nos dois jogos. Demos outra cara", declarou Marcelo, que se recuperou de uma lesão muscular na panturrilha direita.

"Não sou herói do Real Madrid. Não perdemos porque Casemiro, Modric e eu estávamos fora. O Real Madrid nunca vai vencer 100 partidas seguidas. É normal, tínhamos de mudar em relação aos empates e fizemos isso", acrescentou.

Perguntado se houve falhas defensivas diante do Legia, o lateral admitiu que no começo a equipe teve certa dificuldade, mas destacou que pouco a pouco o time foi se tornando compacto.

Por fim, o brasileiro saiu em defesa de Cristiano Ronaldo, que passou em branco no Santiago Bernabéu nesta terça e vem tendo números inferiores aos de outros começos de temporada.

"Ele nos acostumou mal. Há jogos em que ele marca quatro ou cinco vezes, e outros em que não faz gol, mas dá duas assistências. É só passar um jogo sem gols que já começa a haver dúvidas", considerou. EFE

jjl/dr

Esporte