PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grêmio vai enfrentar peruano Ayacucho em Quito pela Libertadores devido à pandemia

08/03/2021 21h57

Lima, 9 Mar 2021 (AFP) - Devido às restrições causadas pela pandemia de coronavírus, o Grêmio vai enfrentar o Ayacucho FC na altitude de Quito (2.850 m) no jogo de volta da segunda fase da Copa Libertadores no dia 16 de março, informou a equipe peruana nesta segunda-feira.

"A segunda partida com a missão de classificação para a próxima fase da Copa Libertadores será disputada no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito", afirmou o clube nas suas redes sociais.

O jogo de ida está marcado para esta quarta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O presidente do clube peruano, Rolando Bellido, havia explicado no fim de semana que o duelo de volta estava descartado no Peru, pois o governo deste país havia proibido a entrada de pessoas vindas do Brasil devido à nova cepa da covid-19.

Bellido indicou que por este motivo as autoridades sanitárias locais negaram autorização para jogar no estádio Garcilaso de la Vega, em Cusco (sudeste), a 3.300 metros de altitude.

O Peru prolongou a suspensão de voos vindos do Brasil até 14 de março, mas a medida ainda pode ser prorrogada na próxima semana.

O Ministério da Saúde informou no dia 4 de fevereiro a presença da nova variante brasileira do coronavírus em três regiões peruanas, incluindo Lima.

A pandemia já causou 262.770 mortes até domingo no Brasil, segundo país do mundo mais atingido pelo coronavírus em números absolutos, superado apenas pelos Estados Unidos (520.563 mortes), segundo balanço da AFP baseado em dados oficiais.

O Peru, por sua vez, um país com 33 milhões de habitantes, acumula mais de 1,3 milhão de infecções pela covid-19 e ultrapassa 47.800 mortes.

cm/fj/ma/aam

Esporte