PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Verstappen domina 3º treino livre do GP da Grã-Bretanha do começo ao fim

Max Verstappen, da Red Bull, durante treino livre para o  GP da Grã-Bretanha neste sábado (2) - Justin Tallis/AFP
Max Verstappen, da Red Bull, durante treino livre para o GP da Grã-Bretanha neste sábado (2) Imagem: Justin Tallis/AFP

Do UOL, em São Paulo

02/07/2022 09h02

Sem a chuva que tinha 80% de probabilidade de cair em Silverstone segundo as previsões, mas com ventos muitos fortes, o terceiro treino livre para o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 rolou hoje (2) de manhã e teve Max Verstappen como marcador do melhor tempo. O piloto da Red Bull alcançou 1min27s901 a mais ou menos 15 minutos para o fim da atividade.

Sergio Perez, companheiro de Verstappen na Red Bull, cravou o segundo melhor tempo, mas com quatro décimos a menos. Charles Leclerc (Ferrari), George Russel (Mercedes), Lewis Hamilton (Mercedes) e Carlos Sainz (Ferrari) completam as duas filas seguintes.

O treino classificatório para o GP começa às 11h (de Brasília). É o mesmo horário da corrida no domingo.

A atividade deste sábado ficou marcada pelo domínio de Max Verstappen desde o começo, apesar da competitividade de Charles Leclerc, Sergio Perez, George Russell e Lewis Hamilton. O piloto inglês foi à pista com 12 minutos do treino já decorridos. Já Max apareceu depois de 19 minutos e tomou a dianteira com pouquíssimo tempo ao marcar 1min28s541, quase meio segundo acima de Leclerc, que tinha feito o melhor tempo na sua sexta volta. Verstappen, na primeira. Depois, o holandês subiu as marcas outras três vezes e acabou como o único abaixo de 1min28s.

As Ferraris tiveram pequenos problemas ainda na primeira metade do TL3. Leclerc perdeu a traseira num erro na curva 7 e Carlos Sainz escapou da pista. Via rádio, o espanhol reclamou que os problemas nas curvas de alta velocidade que o carro tinha apresentado no primeiro dia de treinos livres se repetiram. Curiosamente, Sainz tinha alcançado o melhor tempo ontem (1).

Na Mercedes, a função foi elogiada por George Russell, que disse que "não está saltando" para a alegria dos mecânicos nos boxes, e criticada por Hamilton já na reta final da atividade: "Está pulando bastante", disse, sobre a traseira de seu carro.

Antes, perto de completar a primeira meia hora de treino, Lewis Hamilton aproveitou a boa fase da Mercedes em Silverstone e também os problemas das Ferraris para cravar o segundo melhor tempo da sessão: 1min28s697. Voltou a subir na sequência, apenas pouco mais de um décimo atrás de Verstappen.

Charles Leclerc conseguiu se recuperar na segunda metade dos treinos livres. O monegasco alcançou 1min28s388, superou Lewis Hamilton e ficou apenas 0s002 atrás do líder Verstappen. O holandês reagiu rápido, com os melhores primeiro e segundo setores e já botando 0s4870s em Leclerc. Líder é líder. A Red Bull reagiu também com Sergio Perez, que até então tinha tido poucos highlights na atividade, ao cravar o segundo melhor tempo, com 1min28s311.

TL2

Ontem (1), Carlos Sainz terminou como o mais rápido do dia nos treinos livres para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha da Fórmula 1. Em Silverstone, o espanhol da Ferrari registrou 1m28s942 e foi seguido por dois britânicos: o heptacampeão Lewis Hamilton, da Mercedes, com 1m29s105, e Lando Norris, da McLaren, com 1m29s118. Max Verstappen tinha sido só o quarto colocado.

TL1

Também na sexta-feira, mais cedo, numa manhã marcada pela chuva e com 'clima de rachão', o piloto da Alfa Romeo Valtteri Bottas registrou a melhor volta: 1m42s249. Lewis Hamilton, da Mercedes, ficou em segundo, com 1m42s781, e Carlos Sainz, da Ferrari, fechou o 'pódio', com 1m42s967.

Fórmula 1