PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Flamengo, de novo, não vai a reunião com clubes sobre público no Brasileiro

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo - Igor Siqueira/UOL Esporte
Rodolfo Landim, presidente do Flamengo Imagem: Igor Siqueira/UOL Esporte

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/09/2021 14h59

Classificação e Jogos

O Flamengo mais uma vez emitiu uma nota para avisar que não participará do Conselho Técnico da Série A do Brasileirão, reunião dos clubes com a CBF para deliberar, no caso de hoje (28), sobre a volta ou não do público aos estádios.

O rubro-negro já tinha se ausentado do encontro ocorrido há 20 dias e reiterou o entendimento de que "não cabe aos clubes coletivamente ou à CBF deliberar sobre o retorno do público aos estádios". A diretoria do Fla citou ainda que "não participará da reunião até para não adotar uma conduta contraditória em relação à posição que sempre defendeu".

O argumento do clube é que cabe apenas às autoridades determinar sobre a volta ou não da torcida aos estádios. "O Flamengo não abre mão de lutar pelos direitos dos torcedores de todos os clubes voltarem, de forma segura, aos estádios, uma vez que as autoridades competentes tenham liberado a presença de público", acrescentou.

Sem o Flamengo, os outros 19 clubes vão deliberar sobre o assunto que ganhou elementos relevantes nos últimos dias, já que todas as praças ganharam aval das autoridades para colocar público nos estádios, com exceção de Salvador, onde joga o Bahia.

Os clubes avaliam se vão manter o acordo firmado no começo do mês, de permitir torcida se 100% das cidades tivessem aval. O Bahia, por exemplo, é contra abrir mão disso.