UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/10/20/ronaldo-comemora-abertura-no-itaquerao-com-andres-nao-poderia-ser-em-outra-cidade.htm
  • Ronaldo comemora abertura no Itaquerão com Andrés: "Não poderia ser em outra cidade"
  • 30/05/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Ronaldo e Andrés Sanchez conversam no Itaquerão durante anúncio da abertura

Ronaldo e Andrés Sanchez conversam no Itaquerão durante anúncio da abertura

20/10/2011 - 14h30

Ronaldo comemora abertura no Itaquerão com Andrés: "Não poderia ser em outra cidade"

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Ronaldo se engajou na luta para que São Paulo sediasse a abertura da Copa do Mundo de 2014. Ao lado do presidente do Corinthians Andrés Sanchez no Itaquerão, o ex-jogador comemorou bastante o anúncio da Fifa que confirmou a capital paulista como sede da abertura.

“Nosso presidente fez um esforço danado, eu como membro do comitê paulista. Estamos todos muito felizes. Não poderia ser em outra cidade, tinha que ser São Paulo”, disse.

A empolgação de Ronaldo, Andrés e dos funcionários que trabalham na obra foi tão grande que eles nem conseguiram ouvir o anúncio das outras sedes do Mundial. “O resto eu não ouvi. Só comemoramos. Depois tenho que dar uma olhada”, disse.

Andrés Sanchez disse que o estádio ficará pronto até 2013. A Fifa deu o prazo final para a entrega até fevereiro de 2014, mas a expectativa é que as obras terminem em setembro do ano anterior.

E O NOME DO ESTÁDIO?

"Pode ser Galvão Bueno se ele assinar o cheque de R$ 400 milhões"

Presidente do Corinthians Andrés Sanchez brinca com o narrador em link ao vivo da Globo

A cidade de São Paulo receberá a partida de abertura (entre a seleção brasileira e outra equipe), no dia 12 de junho, e a semifinal no estádio Itaquerão, além do Congresso da Fifa.

A escolha da futura arena corintiana como sede do 1º jogo do Mundial foi bem recebida pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira. 

“Acho que vamos iniciar bem com a abertura de São Paulo, coisa que foi discussão por 3 ou 4 anos. Brasil tem tudo pra fazer uma grande Copa e uma grande Copa das Confederações”, espera Teixeira.

Placar UOL no iPhone