Essa cena resume o desespero de quem vive em Aleppo, na Síria BBC Brasil