PUBLICIDADE
Topo

Supercopa da Inglaterra 2020

Aubameyang responde a rumores sobre saída com 2 títulos em 1 mês no Arsenal

Aubameyang comemora gol do Arsenal contra o Liverpool com homenagem a Chadwick Boseman - Justin Tallis/ pool via Getty Images
Aubameyang comemora gol do Arsenal contra o Liverpool com homenagem a Chadwick Boseman Imagem: Justin Tallis/ pool via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/08/2020 17h21

Classificação e Jogos

Agosto definitivamente trouxe uma mudança de ares para Pierre-Emerick Aubameyang no Arsenal. Neste sábado (29), o atacante brilhou ao marcar na final da Supercopa da Inglaterra contra o Liverpool — no tempo regulamentar e na cobrança decisiva na disputa de pênaltis — e garantiu o segundo título aos Gunners em menos de um mês. Tudo isso depois de ter visto os rumores de uma possível saída aumentarem.

No final de julho, o Arsenal se preparava para a final da Copa da Inglaterra, contra o Chelsea. O técnico Mikel Arteta foi questionado sobre a permanência de Aubameyang para a temporada seguinte e disse que o título naquela ocasião poderia ser um grande incentivo para o jogador seguir no Emirates Stadium — o gabonês possui apenas mais um ano de contrato e vinha sendo alvo de outros clubes da Europa.

"Acredito que ganhar o troféu será bom. Se ele usar a braçadeira e levantar o caneco, isso ajudará", avaliou o treinador, às vésperas da vitória por 2 a 1 diante do rival. E o plano deu certo.

Se um título seria bom, dois então... Em ambos os triunfos, Aubameyang foi o responsável por erguer o troféu.

Detalhe: as duas conquistas contaram com protagonismo de atacante, que chegou ao Arsenal em 2018 como uma das contratações mais caras da história do clube. Foi dele os três gols que a equipe marcou somando os dois jogos. Hoje, inclusive, comemorou com uma homenagem a Chadwick Boseman, ator que interpretou Pantera Negra nos cinemas e morreu na última sexta-feira, aos 43 anos, vítima de câncer no cólon.

Vai renovar?

Apesar do sucesso neste mês, a dúvida ainda permanece: Aubameyang seguirá no Arsenal? Arteta acredita que sim. Ao falar com os jornalistas antes da final deste sábado, o treinador se mostrou otimista com uma renovação contratual.

"Nós tivemos conversas realmente boas com ele [Aubameyang] e seu empresário. Estou bastante confiante que nós chegaremos a um acordo em breve. Essa é a sensação que eu tenho", destacou.

Não há dúvidas, no entanto, de que o cenário para a permanência do atacante neste momento é bem mais favorável do que há um mês. Além dos títulos, a classificação para a próxima edição da Liga Europa (assegurada com a conquista da Copa da Inglaterra) pode ser um fator determinante para a sequência do gabonês em Londres.

Vale lembrar que o Arsenal havia terminado o Campeonato Inglês na oitava posição — fora da zona de classificação para os torneios continentais — e via no horizonte uma real possibilidade de ter que negociar alguns de seus principais atletas para gerar renda. A vaga direta, garantida no início do mês, deu novo fôlego ao clube.

Aos 31 anos, Aubameyang é o principal nome do elenco do Arsenal. Ele soma 71 gols em 110 jogos com a camisa dos Gunners.