PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Roger prevê Brasileiro mais parelho e sem candidato a 'novo Corinthians'

Roger Machado não acredita que um time possa abrir vantagem em relação aos demais - Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio
Roger Machado não acredita que um time possa abrir vantagem em relação aos demais Imagem: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/05/2016 18h12

O técnico do Grêmio, Roger Machado, prevê um Brasileirão mais parelho neste ano. Mesmo considerando cedo para análise, o comandante de campo não acredita que algum clube possa repetir o Corinthians de 2015, que abriu vantagem dos demais.

"É cedo para projeções. Mas de todo modo, o começo do campeonato mostra que, mesmo de forma superficial, o equilíbrio possa ser maior. Não vejo nenhum time que possa fazer o que fez o Corinthians no ano passado. Abrir muitos pontos e impedir que outros times, entre eles o nosso no ano passado, possam brigar pelo título. O campeonato vai ser mais equilibrado e as rodadas finais decidirão tudo", comentou o técnico gremista.
Com duas rodadas de Brasileiro, nenhum time está com 100% de aproveitamento. No lado contrário, apenas o América-MG não pontuou. O Grêmio é o único que não sofreu gols, e todos já marcaram.
No ano passado, o Corinthians não autorizou aproximação de Grêmio ou Atlético-MG na briga pelo título. Acabou levando a taça com 12 pontos a mais do que o vice, o alvinegro de Minas Gerais. Ficou 13 na frente do Grêmio.
O Tricolor começou com um calendário complicado. Enfrentou o Corinthians, o Flamengo e agora terá o Atlético-MG pela frente, em Belo Horizonte.
"Não dá para começar o Brasileiro reclamando. Sabíamos que seria assim. Cabe a nós procurar alternativas para driblar os problemas. As ausências causadas pela Olimpíada, que está por vir, depois tem a janela de transferências, muito mais para acontecer", explicou. "Pontuar fora de casa é uma necessidade para construirmos uma boa campanha", completou.
A principal dúvida gremista é quem substituirá Miller Bolaños. Douglas e Everton disputam o posto. A partida da terceira rodada está marcada para quinta-feira às 21h (horário de Brasília).

Esporte