PUBLICIDADE
Topo

Vasco se irrita e força patrocinadora a esclarecer declaração sobre queda

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/11/2013 18h20

A luta do Vasco para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro teve mais um episódio confuso nesta quarta-feira. Tudo por conta de uma declaração atribuída ao diretor de marketing da Nissan no Brasil, Murilo Moreno. Segundo a coluna Fatos & Comentários do jornal Monitor Mercantil, o profissional da patrocinadora do Cruzmaltino considerou positiva uma queda do time para a segunda divisão da competição nacional. O fato gerou irritação e cobranças dos cariocas por esclarecimentos da montadora.

De acordo com a publicação, Murilo Moreno dava palestra como convidado do MBA em marketing da Fundação Getúlio Vargas, quando um aluno perguntou como ficaria a relação da montadora japonesa com o patrocinado Vasco da Gama em caso de um rebaixamento no Brasileirão.

“Se cair, melhor ainda. Ano que vem a gente vai aparecer sozinho na série B. Vai dar mais mídia do que ficar pelo meio da tabela na série A. E ainda por cima vamos ser o patrocinador do acesso”, teria dito o diretor de marketing da Nissan no Brasil.

A afirmação repercutiu de forma negativa em São Januário. Questionado sobre o caso, o diretor geral do clube carioca, Cristiano Koehler, tratou a questão como uma confusão típica de palestras. No entanto, assegurou que o Cruzmaltino cobrou esclarecimentos da parceira.

“Ele deve ter falado isso em outro contexto, mas providenciamos esclarecimentos de forma interna. A nossa preocupação é não cair para a segunda divisão e sabemos que muitas frases são invertidas em palestras e causam confusão. É óbvio que a Nissan não torce para o Vasco cair. É uma questão superada”, comentou.

No final da tarde, a assessoria de imprensa da montadora divulgou uma nota oficial sobre a polêmica e reafirmou apoio total ao futebol e demais esportes do Club de Regatas Vasco da Gama. Com isso, a expectativa é a de que as arestas tenham sido aparadas entre as partes.

Confira a nota divulgada pela Nissan:

A Nissan decidiu apoiar o Vasco da Gama porque o Futebol é uma paixão nacional e a Nissan é uma empresa comprometida com o Brasil e com sua cultura. Esta não é uma ação oportunista ou de curto prazo. Em nenhum momento a Nissan, ou qualquer de seus funcionários, disse esperar ou torcer para que o clube seja rebaixado. Além disso, o patrocínio, que tem a duração de 4 anos, é estendido a outras modalidades do Vasco como o Remo, Futebol Feminino e o Futsal – modalidades esportivas que, em sua maioria, serão base dos Jogos Rio 2016™, também patrocinados pela Nissan.

Roberto Dinamite
Roberto Dinamite
$escape.getHash()uolbr_tagAlbumEmbed('tagalbum','14462', '')

Esporte