PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcedores do Flu agridem vascaínos em trem e são presos antes de clássico no Engenhão

Policial militar confere documento de torcedores do Fluminense presos após briga - Pedro Ivo Almeida/UOL
Policial militar confere documento de torcedores do Fluminense presos após briga Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/08/2012 17h57

Cerca de uma hora antes do início do clássico entre Fluminense Vasco, no Engenhão, 23 torcedores tricolores foram presos pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. Os membros da torcida organizada Young Flu agrediram dois menores de idade, de 16 anos, em trem que levava os torcedores dos clubes para o estádio. Os jovens – que estavam com a camisa do Vasco, mas não são ligados às torcidas organizadas do time – foram levados para o Hospital Salgado Filho e não correm risco de morrer.

  • Pedro Ivo Almeida/UOL

    Protetores bucais de torcedores do Fluminense foram apreendidos pela Polícia Militar antes de jogo

Os torcedores foram flagrados com protetores bucais, para terem maior proteção em um confronto. A PM, com trabalho de monitoramento, prendeu o grupo de tricolores no Méier, bairro próximo ao estádio administrado pelo Botafogo. A polícia está espalhada por pontos considerados estratégicos do Rio para evitar conflitos entre torcidas rivais.

Nos arredores do Engenhão, outros seis torcedores do Fluminense foram detidos por causar confusão. Eles iniciaram uma briga com vascaínos. Os policiais agiram com rapidez, evitaram um conflito maior e efetuaram as prisões.

Depois das brigas entre organizadas de Vasco e Flamengo no último final de semana, em que um torcedor vascaíno morreu e outros ficaram feridos, a Polícia Militar mudou sua postura, praticamente fazendo silêncio sobre os clássicos da 19ª rodada do Brasileirão.

As autoridades também estão empenhadas em evitar conflitos neste domingo. Em rodada de clássicos pela competição, Flamengo e Botafogo jogam às 16h, também no Engenhão.

Esporte