PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-jogador de futebol americano universitário é condenado por estupro

Brandon Banks, ex-jogador de futebol americano universitário - Lacy Atkins/The Tennessean via AP
Brandon Banks, ex-jogador de futebol americano universitário Imagem: Lacy Atkins/The Tennessean via AP

Do UOL, em São Paulo

18/08/2017 18h08

Brandon Banks, um ex-jogador de futebol americano na universidade de Vanderbilt, foi condenado nesta sexta-feira (18) a 15 anos de prisão pelo estupro coletivo de uma estudante inconsciente.

O caso aconteceu em 2013. Banks, hoje com 23 anos, foi considerado culpado por estupro qualificado e agressão sexual qualificada por manter relações sexuais com uma jovem desacordada, enquanto outro colega filmava o ato. Posteriormente, eles compartilharam o vídeo com outros estudantes.

A promotoria pediu uma punição mais severa, mas o juiz Monte Watkins optou pela pena mínima para esse tipo de crime. No Tennessee, estado norte-americano em que ocorreu o caso, a pena para estupro qualificado varia entre 15 e 25 anos.

Banks admitiu ter atacado a jovem com uma garrafa, ter tocado a vítima sexualmente e ter tirado fotos do ato. Outros três ex-jogadores de futebol americano da universidade estão envolvidos no caso: Brandon Vandenburg foi condenado a 17 anos de cadeia, e Cory Batey, a 15 anos. O último suspeito, Jaborian McKenzie, testemunhou contra seus ex-colegas para tentar diminuir a própria pena e ainda não foi julgado.

Esporte