PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Sauber quer pilotos que tragam dinheiro. E diz ver fila de 'pretendentes'

Clive Mason/Getty Images
Imagem: Clive Mason/Getty Images

Do UOL, em Sepang (Malásia)

28/09/2016 06h00

A chefe de Felipe Nasr e Marcus Ericsson, Monisha Kaltenborn, indicou que a Sauber está buscando pilotos que tragam aporte financeiro para o time para a próxima temporada. Nenhum dos dois está confirmado, mas ambos atendem às pretensões da comandante.

Monisha disse que “seria certamente benéfico” ter pilotos que tragam dinheiro, mesmo com a chegada de novos investidores, que compraram o time em meados deste ano. Tais investidores, inclusive, têm forte relação com o próprio Ericsson, motivo pelo qual sua permanência é dada como certa para 2017. “Isso nos ajudaria a implementar nossas metas mais rápido e seria uma grande ajuda para o plano que temos”, justificou à Autosport. “Estamos confiantes de que nosso carro será melhor ano que vem e queremos ter mais patrocinadores, mas no cenário atual, tudo ainda depende de financiamento.”

Monisha explica que o plano é conseguir o máximo de investimento agora para que seja possível preparar-se melhor para a próxima temporada e, assim, obter ainda mais patrocinadores. Na última temporada, a falta de investimento comprometeu seriamente o desenvolvimento do carro e o time é o único que ainda não pontuou neste ano.

“Há uma ligação próxima entre quanto mais você tem, mais consegue testar e é disso que precisa.”

Além da atual dupla, Monisha afirmou que a chegada de novos investidores fez com que outros pilotos se interessassem pela equipe.

“Posso assegurar uma coisa: somos muito mais atraentes agora do que éramos há alguns meses. Tivemos dois anos ruins, 2014 e este ano, mas a Sauber não é isso. E muita gente de fora vê isso. Temos algumas opções em termos de pilotos e estamos vendo o que faremos. Não temos um prazo. É bom fazer isso rapidamente, mas você tem de ter certeza. O tempo não nos pressiona.”

A Fórmula 1 disputa sua 16ª etapa do campeonato neste final de semana. O GP da Malásia terá treinos livres a partir da quinta-feira no Brasil, às 23h. O segundo treino será na madrugada de sexta, às 3h. A classificação será às 6h do sábado e a corrida terá largada a partir das 4h do domingo.

Fórmula 1