PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Brasileiros têm estreia discreta e Hulkenberg fecha o dia em 1º nos testes

Josep Lago/AFP Photo
Imagem: Josep Lago/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

24/02/2016 13h57

Continuando o domínio alemão nos testes de pré-temporada da Fórmula 1, Nico Hulkenberg fechou o terceiro dia na frente. Único a usar os pneus supermacios, o piloto da Force India melhorou seu tempo em relação ao período da manhã em dois segundos. Nos dois primeiros dias de teste em Barcelona, na Espanha, Sebastian Vettel havia sido o mais rápido, com a Ferrari.

Nesta quarta-feira, o tetracampeão cedeu o carro para o companheiro Kimi Raikkonen, que não teve sorte: o finlandês teve problemas na bomba de combustível na parte da manhã e fez sua estreia no teste com mais de 50 voltas dadas no período da tarde, obtendo o terceiro melhor tempo, com os pneus médios. 

Quem surpreendeu foi Romain Grosjean:  a bordo do carro da nova equipe Haas, o francês colocou os pneus macios para fazer a segunda marca mais rápida do dia.

Quarto melhor do dia, Kevin Magnussen manteve o tempo da manhã, obtido com pneus macios. Embora a Renault tenha conseguido uma boa quilometragem nesta quarta-feira, ultrapassando as 100 voltas, o dia não foi livre de problemas para o time e o dinamarquês causou uma das três bandeiras vermelhas do dia, a única por quebra - as outras duas foram por uma rodada do estreante Rio Haryanto e por uma roda solta no Toro Rosso de Carlos Sainz.

Dividindo os trabalhos com Lewis Hamilton na Mercedes, Nico Rosberg ficou com o quinto melhor tempo, obtido com pneus médios no período da manhã. À tarde, Hamilton ficou a seis décimos do companheiro e fechou o dia apenas em oitavo. Quem mais andou no dia foi Carlos Sainz, que superou as 150 voltas e foi o sexto.

Entre os brasileiros, Felipe Nasr, usando o carro de 2015, uma vez que o novo modelo da Sauber só será lançado no segundo teste, que começa dia 1º de março, foi o sétimo, com pneus macios, e Felipe Massa manteve o melhor tempo obtido no período da manhã e foi o décimo.

Daniil Kvyat, da Red Bull, também ficou com a marca do treino matutino e foi o nono. Jenson Button chegou a colocar os pneus macios na McLaren, mas não passou da penúltima colocação, terminando o treino antes do final devido a um problema hidráulico. O britânico ficou diante apenas de Haryanto, da Manor, 2s3 mais lento que o piloto da McLaren.

Na quinta-feira, será realizada a última sessão desta primeira bateria de testes da pré-temporada. A segunda será entre 1º e 4 de março, no Circuito da Catalunha, em Barcelona, Espanha.

Confira os tempos (24.02 - final)
1. Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1m 23.110s
2. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 1m 25.874s 
3. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari-Ferrari) 1m 25.977s
4. Kevin Magnussen (DIN/Renault-Renault) 1m 26.014s
5. Nico Rosberg (ALE/Mercedes-Mercedes) 1m 26.084s
6. Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Ferrari) 1m 26.239s
7. Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari) 1m 26.392* (carro de 2015)
8. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes-Mercedes) 1m 26.421s 
9. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-TAG-Heuer) 1m 26.497s
10. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 1m 26.712s
11. Jenson Button (GBR/McLaren-Honda)  1m 26.919s
12. Rio Haryanto (IND/MRT-Mercedes) 1m 28.249s 

Fórmula 1