PUBLICIDADE
Topo

Volkswagen Polo

Preços, versões e tudo o que você precisa saber sobre o hatch compacto

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/09/2020 04h00

O Volkswagen Polo foi um carro que estreou na hora errada no Brasil.

Quando chegou às ruas em 2002, o carro apostava no conceito de compacto premium, que ainda engatinhava naquela época. O Citroën C3 era um dos poucos representantes da categoria que já fazia sucesso na Europa há alguns anos.

Até sua campanha publicitária fazia alusão a sua proposta refinada. O vídeo mostrava apenas os quatro faróis redondos acesos e a frase: "Pensou que era um carrão? Acertou".

O modelo realmente tinha um padrão de construção bastante refinado, com direito a chapas de espessuras variáveis e pontos de solda a laser.

O nível de acabamento também era bem superior ao do Gol e se aproximava do irmão maior Golf.

Havia opções de motorização 1.6 (este da família EA-111, que mais tarde seria adotado em Fox e Gol) e 2.0. O câmbio manual MQ-200 se destacava pelos engates suaves e precisos, a ponto de ser referência até hoje.

Só que o preço também acompanhava as evoluções e não demorou muito para o Polo ser rejeitado pelo mercado, que o considerava caro demais pelo seu tamanho. Que fique bem claro: ele nunca foi um mico de vendas, mas teve números bem abaixo das expectativas da VW.

E foi assim que ele permaneceu em linha até 2014. Durante esse longo período ele passou por duas reestilizações: a primeira aconteceu em 2006 e substituiu os faróis redondos (que lembravam os do Mercedes-Benz Classe E) pela identidade visual da marca na época, marcada pela grade frontal em formato de "V". Atrás, as lanternas ganharam um enorme refletor circular.

A segunda atualização aconteceu em 2011 e foi mais discreta, limitando-se a novos para-choques. Assim ele ficou até 2014, quando deixou de ser produzido.

O Polo voltaria à cena dois anos depois. A VW decidiu compensar a ausência da quinta geração e trouxe o hatch em sintonia com o mercado europeu, onde havia sido lançado apenas alguns meses antes.

Maior do que o Gol e mais refinado, ele trouxe itens mais requintados, como o painel digital.

Atualmente, o hatch é vendido em quatro motorizações 1.0 MPI (84 cv / 75 cv), 1.6 MSI (117 cv / 110 cv), 1.0 TSI (128 cv / 116 cv) e 1.4 TSI (150 cv). São cinco versões de acabamento: MPI, MSI, Comfortline, Highline e a esportiva GTS.

Como UOL Carros avaliou

Desempenho é o destaque do Polo a partir da versão Comfortline. As configurações Comfortline e Highline trazem o bom 1.0 turbo de até 128 cv com etanol. Além de elástico e ágil, ele entrega boas médias de consumo com gasolina.

Já o GTS utiliza o conjunto 1.4 turbo que entrega até 150 cv e torque máximo de 25,5 kgfm. É o mesmo motor que equipa outros modelos da marca, como o Jetta. Dele também veio o câmbio automático de seis marchas, que não recebeu nenhuma modificação para equipar o hatch

As versões mais baratas MPI e MSI oferecem os motores 1.0 12V de até 84 cv e 1.6 16V de até 117 cv, respectivamente. As motorizações são encontradas em outros modelos da VW, como Up e Gol.

No design, não há muita dúvida de que o Polo é um carro bonito e com linhas harmoniosas. Como a maioria dos carros alemães, ele tem um estilo mais sóbrio com profusão de vincos na carroceria, especialmente nas laterais e na altura das maçanetas.

O capô também é recortado nas extremidades, criando um efeito de luz interessante que o destaca dos para-lamas. Em contrapartida, o visual é um tanto "genérico": lembra muito o VW Gol, inclusive nas lanternas traseiras curtinhas.

Na segurança, o hatch vem de série com controles de tração e de estabilidade e quatro airbags. O Polo também traz construção mais aprimorada e foi classificado com cinco estrelas, a nota máxima, tanto para adultos como para crianças no teste de impacto do Latin NCap.

Dimensões: comprimento, 4,05 m; largura, 1,75 m; altura, 1,46 m; entre-eixos, 2,56 m

Porta-malas: 300 litros

Tanque: 52 litros

MPI 1.0:

Preço: R$ 59.200

Motor: 1.0, 12V, 3 cilindros em linha, flex

Câmbio: manual de cinco marchas

Potência: 84 cv / 75 cv a 6.350 rpm

Torque: 10,4 kgfm / 9,7 kgfm a 3.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 8,8 km/l / 10 km/l (etanol) - 12,9 km/l /14,3 km/l (gas.)

Itens de série: controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, bloqueio eletrônico do diferencial, central multimídia Composition Touch, direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, volante multifuncional, vidros elétricos, ganchos para fixação para cadeirinhas Isofix, sistema start-stop, travas elétricas, alarme, rodas de aço de 15 polegadas com calotas e chave do tipo canivete.

Opcionais:

Connect Pack (R$ 3.470): sensores de estacionamento traseiros, espelhos retrovisores com regulagens elétricas e função tilt down para o lado do passageiro e rodas de liga leve de 15 polegadas.

MSI 1.6:

Preço: R$ 69.100 (manual) / R$ 69.390 (automático)

Motor: 1.6, 16V, 4 cilindros em linha, flex

Câmbio: manual de cinco marchas / automático de seis marchas

Potência: 117 cv / 110 cv a 6.350 rpm

Torque: 16,5 kgfm / 15,8 kgfm a 3.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,9 km/l / 9,6 km/l (etanol) - 11 km/l /13,8 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão MPI mais airbags laterais frontais, sensores de estacionamento traseiros, alarme, banco do motorista com regulagem de altura, apliques em preto fosco nas colunas, espelhos retrovisores com regulagens elétricas e função tilt down para o lado do passageiro e rodas de liga leve de 15 polegadas.

Comfortline 200 TSI:

Preço: R$ 77.790

Motor: 1.0, 12V, 3 cilindros em linha, turbo, flex

Câmbio: automático de seis marchas

Potência: 128 cv / 116 cv a 5.500 rpm

Torque: 20,4 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 8 km/l / 9,8 km/l (etanol) - 11,6 km/l /14,1 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão MSI mais alerta de sonoro de cintos de segurança, coluna de direção com regulagens de altura e profunidade, apoio de braço central para os bancos dianteiros, saídas de ar-condicionado para o banco traseiro, faróis de neblina com luzes de conversão estática, entradas USB para o banco de trás, iluminação do porta-luvas, luzes de leitura dianteiras e traseiras, alavanca de câmbio revestida em couro, para-sóis com espelhos de cortesia e iluminação para motorista e passageiro e porta-revistas atrás dos encostos dianteiros.

Opcionais:

Tech I (R$ 2.130): destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, piloto automático, espelho retrovisor interno antiofuscante, faróis com função coming/leaving home, sensores de chuva e crepuscular e volante multifuncional revestido em couro.

Comfort Tech (R$ 5.500): destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, piloto automático, ar-condicionado digital com filtro de poeira e pólen, câmera de ré, sensor de fadiga, espelho retrovisor interno antiofuscante, faróis com função coming/leaving home, sensor de pressão dos pneus, frenagem pós-colisão, pneus 195/55 R16, porta-luvas iluminado e refrigerado, revestimento dos bancos em couro sintético, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensores de chuva e crepuscular e volante multifuncional revestido em couro.

Highline 200 TSI:

Preço: R$ 90.690

Motor: 1.0, 12V, 3 cilindros em linha, turbo, flex

Câmbio: automático de seis marchas

Potência: 128 cv / 116 cv a 5.500 rpm

Torque: 20,4 kgfm a 2.000 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,9 km/l / 9,5 km/l (etanol) - 11,4 km/l /13,9 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão Comfortline mais sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, piloto automático, central multimídia Discovery Media, antena Diversity, painel digital, ar-condicionado digital Climatronic com filtro de poeira e pólen, sensor de fadiga, espelhos retrovisores externos rebatíveis eletronicamente, espelho retrovisor interno antiofuscante, faróis com função coming/leaving home, sensor de pressão dos pneus, frenagem pós-colisão, pneus 205/50 R17, porta-luvas iluminado e refrigerado, revestimento dos bancos em couro sintético, rodas de liga leve de 17 polegadas, sensores de chuva e crepuscular, sistema de navegação por satélite (GPS) e volante multifuncional revestido em couro.

GTS 250 TSI:

Preço: R$ 107.190

Motor: 1.4, 16V, 4 cilindros em linha, turbo, flex

Câmbio: automático de seis marchas

Potência: 150 cv a 4.500 rpm

Torque: 25,5 kgfm a 1.500 rpm

Consumo (urb./rod.): 7,5 km/l / 9,6 km/l (etanol) - 11 km/l /13,7 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão Highline mais seletor de modos de condução, bancos dianteiros esportivos, faróis full LED, função Eco, grade frontal com detalhe na cor vermelha, lanternas em LED e sistema start-stop.

Opcionais:

Pacote Rodas (R$ 1.490): pneus 205/45 R18 e rodas de liga leve de 18 polegadas.

Valores de revisão:

MPI 1.0:

10 mil km: R$ 486,99

20 mil km: R$ 551,09

30 mil km: R$ 476,99

40 mil km: R$ 729,07

50 mil km: R$ 476,99

60 mil km: R$ 551,09

MSI 1.6:

10 mil km: R$ 541,53

20 mil km: R$ 605,63

30 mil km: R$ 531,53

40 mil km: R$ 851,17

50 mil km: R$ 531,53

60 mil km: R$ 605,63

Comfortline / Highline 200 TSI:

10 mil km: R$ 518,80

20 mil km: R$ 582,90

30 mil km: R$ 508,80

40 mil km: R$ 1.018,18

50 mil km: R$ 508,80

60 mil km: R$ 582,90

GTS 250 TSI:

10 mil km: grátis

20 mil km: grátis

30 mil km: grátis

40 mil km: R$ 1.124,74

50 mil km: R$ 508,80

60 mil km: R$ 650,20

Garantia:

3 anos