Ford Ka Freestyle 1.0

Aventureiro ganha nova versão para bombar vendas; hatch é bem equipado, mas custa caro

Vitor Matsubara e João Anacleto Do UOL, em São Paulo

Quase um SUV

Aventureiros urbanos voltaram à moda no Brasil. A nova safra destes modelos alia visual mais comedido com características que realmente diferenciem estes carros das versões comuns. Esta é a receita do Ford Ka Freestyle, que acaba de ganhar uma versão com motorização 1.0.

A novidade tem um preço de R$ 56.690, que o coloca no patamar de rivais maiores ou mais potentes, como Fiat Argo Trekking 1.3 (R$ 59.990) e Chevrolet Onix Activ 1.4 (R$ 62.290).

Aposta no conteúdo

A Ford tenta compensar a etiqueta salgada com um generoso pacote de equipamentos. O Ka Freestyle é o único modelo da linha 1.0 a sair de fábrica com controle de estabilidade e assistente de partida em rampas.

A central multimídia Sync agora é da geração 2.5, identificada pela tela menor de sete polegadas - o Sync 3 tem um monitor de oito polegadas. Apesar disso, ela traz muitas funções, incluindo suporte a Android Auto e Apple CarPlay. É fácil navegar pelos menus e a tela é bem responsiva ao toque dos dedos.

Pontos avaliados

Consumo: um dos fatores mais decisivos para quem compra um carro 1.0. O Ka se saiu bem neste critério.

Desempenho: mesmo sendo 1.0, o Ka é valente por ser um dos modelos mais potentes do segmento.

Relação custo/benefício: proporção entre preço e conteúdo oferecido. O Ka Freestyle 1.0 é um carro caro pelo que oferece, ainda mais diante de concorrentes mais potentes que custam pouco a mais.

Design: o Ka Freestyle é bonito e traz um estilo mais aventureiro sem exageros.

Itens de série: o Freestyle é bem equipado, sendo o único da linha Ka 1.0 com controle de estabilidade e assistente de partida em rampas.

Custos de revisão, garantia e seguro

Revisões:

+ 1ª revisão - 12 meses ou 10 mil km: R$ 359,00 a vista ou 4x de R$ 89,75

+ 2ª revisão - 24 meses ou 20 mil km: R$ 447,00 a vista ou 4x de R$ 111,75

+ 3ª revisão - 36 meses ou 30 mil km: R$ 574,00 a vista ou 4x de R$ 143,50

+ 4ª revisão - 48 meses ou 40 mil km: R$ 659,00 a vista ou 4x de R$ 164,80

+ 5ª revisão - 60 meses ou 50 mil km: R$ 482,00 a vista ou 4x de R$ 120,44

+ 6ª revisão: 72 meses ou 60 mil km: R$ 933,00 a vista ou 4X de R$ 233,19

Garantia:

3 anos sem limite de quilometragem

Seguro:

Aproximadamente R$ 2.500 (média)

Conteúdo generoso

O hatch é um dos modelos mais bem equipados da categoria, e o mesmo acontece com a versão Freestyle. Ponto positivo é o investimento em segurança, já que só ele vem com controles de estabilidade e de tração e assistente de partida em rampas.

Itens de série:

Controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, rack de teto funcional, molduras protetoras dos para-lamas, vidros elétricos, soleiras nas portas, travas elétricas, luzes de seta integradas nos espelhos retrovisores, bancos parcialmente revestidos de couro, central multimídia SYNC 2.5 com tela de sete polegadas, espelhos retrovisores com regulagens elétricas, ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix, direção elétrica e ar-condicionado.

Design e motorização: pontos altos

O estilo é bem agradável aos olhos, até para quem não é muito chegado nos aventureiros. Nada de adesivos chamativos e visual rebuscado: a combinação de bom gosto inclui apliques plásticos em volta dos para-lamas, faróis e lanternas com lentes escurecidas e bonitas rodas de liga leve com pintura grafite. O rack de teto, inclusive, é funcional e suporta uma carga de até 50 kg. E ele também é 1,8 cm mais alto do que o Ka "normal".

Já o motor 1.0 TiVCT entrega até 85 cv e é um dos mais eficientes do segmento. Ele dá conta do recado na maioria das situações (inclusive na estrada) e não apresenta as vibrações excessivas típicas dos motores com três cilindros. Mesmo em subidas íngrimes o Ka não perde fôlego tão facilmente assim, embora às vezes exija reduções de marcha - como acontece em todo carro 1.0, é bom lembrar.

Boa surpresa é o consumo: o Inmetro informa 9,2 km/l e 10,7 km/l com etanol no tanque e 13,4 e 15,5 km/l se a escolha for pela gasolina. Na vida real conseguimos médias superiores a estes números com gasolina, e sem dirigir de forma mais comedida para poupar combustível.

Compra vale a pena?

O Ka Freestyle 1.0 surge como boa opção para quem procura um compacto estiloso. Além do design atual, ele anda bem e é bem equipado. Seu grande pecado está mesmo no preço, salgado demais para um carro com motor de mil cilindradas.

Por isso, se você quer levar um hatch aventureiro para casa, não esqueça de olhar a concorrência. Talvez você ache um modelo mais interessante para você fora de uma revenda Ford.

Concorrentes

Chevrolet Onix Activ

Preço: R$ 62.290
Motor: 1.4, 8V, flex, quatro cilindros em linha
Potência: 106 cv / 98 cv a 6.000 rpm
Torque: 13,9 kgfm / 13 kgfm a 4.800 rpm
Câmbio: manual de seis marchas

Hyundai HB20X Style

Preço: R$ 63.990
Motor: 1.6, 8V, flex, quatro cilindros em linha
Potência: 128 cv / 122 cv a 6.000 rpm
Torque: 16,5 kgfm / 16 kgfm a 5.000 rpm
Câmbio: automático de seis marchas

Fiat Argo Trekking

Preço: R$ 58.990
Motor: 1.3, 8V, flex, quatro cilindros em linha
Potência: 109 cv / 101 cv a 6.250 rpm
Torque: 14,2 kgfm / 13,7 kgfm a 3.500 rpm
Câmbio: manual de cinco marchas

Ficha técnica

Ford Ka Freestyle 1.0

Torque: 10,7 kgfm / 10,2 kgfm a 3.500 rpm

Câmbio: manual de cinco marchas

Aceleração de 0 a 100 km/h: 15,1 s

Velocidade máxima: 160 km/h

Tanque: 51 litros

Consumo (cidade/estrada): 9,2/10,7 km/l (etanol) / 13,4/15,5 km/l (gasolina)

Dimensões: 3,95 m de comprimento, 1,69 metro de largura, 1,56 metro de altura, 2,49 m de entre-eixos

Porta-malas: 257 litros

Curtiu? Compartilhe.

Topo