PUBLICIDADE
Topo

Polícia Civil de SP recebe 105 viaturas com blindagem parcial por R$ 23 mi

Viaturas trazem blindagem só em locais estratégicos para redução no custo e no peso; veículos serão usados contra crime organizado - Divulgação
Viaturas trazem blindagem só em locais estratégicos para redução no custo e no peso; veículos serão usados contra crime organizado Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/05/2021 13h37

O governo de São Paulo entrega hoje as primeiras viaturas com blindagem parcial da Polícia Civil do Estado. São 105 veículos Chevrolet Trailblazer adquiridos por meio de pregão eletrônico, ao custo unitário de R$ 222 mil, totalizando gasto de R$ 23,3 milhões.

Os veículos trazem proteção balística conhecida como "escudo", por permitir que policiais utilizem as portas como proteção durante um tiroteio. Diferentemente da blindagem total, a parcial protege somente áreas mais vulneráveis e estratégicas.

A vantagem é a redução para até 1/3 do custo da blindagem total, bem como a diminuição no peso do veículo.

Conforme UOL Carros informou com exclusividade no ano passado, a proteção balística parcial é autorizada pela Portaria 94 do Comando Logístico do Exército Brasileiro, publicada em agosto de 2019, e tem crescido entre órgãos de segurança pública no Brasil.

Até a publicação da referida portaria, a blindagem necessariamente tinha de cobrir toda a carroceria, bem como os respectivos vidros.

As 105 novas viaturas da Polícia Civil paulista trazem a mesma cobertura contra projéteis presente nas 70 Trailblazer da Polícia Militar de São Paulo adquiridas no ano passado: aplicação de aramida e aço inox no capô, no para-brisa, nas colunas "A", no painel corta-fogo, nos para-lamas dianteiros e nas portas.

A proteção também é aplicada na parte interna dos para-lamas dianteiros, junto ao habitáculo, na altura da pedaleira, nas baterias principal e auxiliar e também na "churrasqueira" - a chapa metálica posicionada junto ao painel. O acréscimo de peso é inferior a 130 kg.

A proteção balística parcial é do nível III-A, o mais utilizado, que resiste a disparos de armas de mão até submetralhadoras de nove milímetros.

Uso contra o crime organizado

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, das 105 novas viaturas da Polícia Civil, 37 serão destinadas a unidades especializadas da capital paulista, como os departamentos estaduais de Investigações Criminais (Deic), de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), além do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) e das Centrais Especializadas de Repressão à Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco).

Para a Região Metropolitana, serão destinadas 14 viaturas que serão distribuídas às delegacias seccionais de polícia de Carapicuíba, Diadema, Franco da Rocha, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo e Taboão da Serra.

Já o interior do Estado receberá 54 veículos que serão entregues às Divisões Especializadas de Investigações Criminais (Deic) das regiões de São José dos Campos, Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, São José do Rio Preto, Santos, Sorocaba, Presidente Prudente, Piracicaba e Araçatuba.

Siga o UOL Carros no