PUBLICIDADE
Topo

Juntas, chinesas não chegaram a 1/10 das vendas do Onix em 2019

Montado no Brasil, Caoa Chery Tiggo 5x foi o veículo de origem chinesa mais vendido do Brasil no ano passado - Divulgação
Montado no Brasil, Caoa Chery Tiggo 5x foi o veículo de origem chinesa mais vendido do Brasil no ano passado Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/01/2020 04h00

Ontem, João Doria, o governador de São Paulo, disse durante entrevista que duas empresas chinesas estão negociando a compra da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP).

Ele também declarou que a Caoa, empresa brasileira sócia da chinesa Chery, desistiu de comprar as instalações no ABC paulista, mas está negociando com dois investidores, também chineses, para anunciar uma nova fábrica de veículos no Estado paulista.

A Caoa Chery, inclusive, já tem duas linhas de produção de veículos instaladas em solo brasileiro: em Jacareí (SP) e também em Anápolis (GO).

Ao que parece, as montadoras chinesas têm tudo para ampliar sua participação e relevância no mercado brasileiro nos próximos anos. Porém, hoje as vendas das marcas instaladas no país são bastante discretas, para não dizer pequenas.

Isso sem contar que marcas do país oriental como a Geely, e, mais recentemente, a Lifan deixaram de operar no Brasil por conta do fraco desempenho no mercado local.

Com base em informações fornecidas pela consultoria Jato Brasil, UOL Carros fez um levantamento das vendas das montadoras do país asiático no ano passado, considerando carros de passeio e também veículos utilitários.

Somando os emplacamentos de todos os veículos das montadoras chinesas em operação no Brasil em 2019 (Caoa Chery, JAC Motors, Lifan e Effa), foram emplacadas no ano passado 22.697 unidades.

A título de comparação, as vendas totais dessas marcas equivalem a cerca de 9,5% dos licenciamentos de um só veículo no período - no caso, o Chevrolet Onix, carro mais vendido do Brasil há cinco anos consecutivos e que teve mais de 240 mil exemplares comercializados em 2019.

Confira a lista completa.

Os 10 carros chineses mais vendidos em 2019

  • Divulgação

    Caoa Chery Tiggo 5x

    O SUV pequeno foi o veículo chinês mais vendido do Brasil no ano passado, com 7.972 emplacamentos.

  • Divulgação

    Caoa Chery Tiggo 2

    Utilitário esportivo compacto teve 6.250 licenciamentos em 2019.

  • Alessandro Reis/UOL

    Caoa Chery Arrizo 5

    Sedã médio-compacto garantiu o terceiro lugar no ranking com 2.404 emplacamentos.

  • Murilo Góes/UOL

    Caoa Chery Tiggo 7

    Modelo topo de linha da marca acumulou 2.186 unidades comercializadas no ano passado.

  • Divulgação

    Caoa Chery QQ

    Subcompacto, que recentemente saiu de linha, somou 1.371 vendas.

  • Marcelo Ferraz/UOL

    JAC T40

    Modelo mais vendido da JAC no Brasil em 2019 foi o SUV compacto, com 1.092 exemplares comercializados.

  • Divulgação

    JAC T50

    SUV médio registrou 572 unidades comercializadas.

  • Divulgação

    JAC V260

    VUC (Veículo Urbano de Carga) acumulou 190 emplacamentos em 2019.

  • Leonardo Felix/UOL

    Lifan X60

    SUV já foi o carro chinês mais vendido do Brasil; no ano passado, foram comercializadas 155 unidades.

  • Divulgação

    Effa V21

    Picape compacta teve 126 unidades comercializadas.

Fonte: Jato Brasil