PUBLICIDADE
Topo

CarnaUOL

São Paulo


Presidente da Mancha rejeita ter só 'saradas' como rainhas de bateria

Presidente da Mancha, Paulo Serdan comemora título da escola - Bruno Laurato/UOL
Presidente da Mancha, Paulo Serdan comemora título da escola Imagem: Bruno Laurato/UOL

Bruno Laurato

Colaboração para o UOL, de São Paulo

26/04/2022 20h36

Em meio à festa da vitória, Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde, comentou sobre o papel da filha em frente à bateria. Orgulhoso, o pai da princesa comemorou os elogios que Duda Serdan recebeu saindo sozinha na posição — já que Viviane Araujo não compareceu ao desfile.

Ao UOL, o presidente contou que quer quebrar o estereótipo de apenas símbolos sexuais sambarem junto da bateria. Vale ressaltar que a filha do presidente é menor de idade, tem apenas 17 anos. "Quero quebrar esse padrão de sempre ser uma mulher gostosa e sarada, que está na frente da bateria porque está pagando", contou.

Serdan contou que Viviane jamais pagou para ocupar o cargo e que ele quer que isso seja uma tradição na agremiação, mesmo quando ele não for mais presidente. "Já estamos treinando, inclusive, outra musa da comunidade", finalizou.

Sobre a apuração de hoje, o líder contou que viu com estranheza as notas do casal de mestre-sala e porta-bandeira. "Nosso casal é um casal premiado, dançaram muito, quando eu pegar a justificativa eu vou tentar entender o que aconteceu".

O presidente já está vestindo a camiseta do enredo do próximo ano. Com o tema "Sou xaxado, sou nordeste, sou Brasil", a Mancha vai contar a história do xaxado em paralelo com a do Lampião.