PUBLICIDADE
Topo

Choque com cometa pode ter dado origem à vida na Terra, diz pesquisa

Do UOL, em São Paulo

05/03/2013 19h14

O choque com um cometa pode ter trazido para a Terra elementos essenciais para o desenvolvimento da vida. Novo experimento da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e da Universidade do Havaí, em Manoa, mostrou que no espaço há condições de se criar dipeptídeos complexos – pares ligados de aminoácidos – que são essenciais para a vida.

Assim, abre-se a possiblidade de essas moléculas terem sido trazidas para a Terra por um cometa, o que catalisou a formação de proteínas (polipeptídeos), enzimas e até moléculas mais complexas como açúcares.

Em uma câmara de ultra vácuo refrigerado a 10 graus acima do zero absoluto (10 Kelvin), os cientistas da equipe havaiana, Seol Kim e Ralf Kaiser, simularan uma bola de neve no espaço, incluindo dióxido de carbono, amônia e vários hidrocarbonetos, como metano, etano e propano.

Quando ela foi bombardeada com elétrons de alta energia, que simulam os raios cósmicos no espaço, as substâncias químicas reagiram para formar complexos compostos orgânicos, especificamente dipeptídeos, considerados essenciais para a vida.

Na Universidade da Califórnia, os pesquisadores analisaram os compostos orgânicos e revelaram a presença de nove diferentes aminoácidos e de, pelo menos, dois dipeptídeos.

"É fascinante a considerar que os mais básicos blocos bioquímicos que levaram à vida na Terra podem ter tido uma origem extraterrestre", disse Richard Mathies, químico da Universidade da Califórnia e coautor do artigo publicado on-line na semana passada e prevista para a versão imprensa de 10 de março do Astrophysical Journal.