Topo

APOLLO 11 ANIVERSÁRIO

16/07/2019 07h10

Redação Central, 16 jul (EFE).- Por ocasião do 50º aniversário da chegada do homem à Lua, que será comemorado no próximo dia 20, a Agência Efe envia hoje uma série especial com os seguintes conteúdos:.

GERAL - Há 50 anos dois homens em uma cápsula guiada por um computador de 30 quilos pisaram pela primeira vez no solo lunar e captaram imagens sem precedentes que mostram a Terra distante como um pequeno novelo azul atrás dos ombros dos astronautas.

HISTÓRICO - Desde 2 de janeiro de 1959, quando a então União Soviética lançou a primeira sonda Luna 1, foram enviadas à Lua cerca de 60 missões tripuladas e não tripuladas que coletaram dados sobre o satélite da Terra.

ASTRONAUTAS - Neil Armstrong ganhou fama como o primeiro homem a pisar na Lua, seguido por Buzz Aldrin, enquanto Michael Collins os esperava orbitando no módulo Columbia. Mas por que eles foram os escolhidos para desempenhar esses papéis?

COMPUTADOR - A viagem de Neil Armstrong e Buzz Aldrin à superfície da Lua em 1969 foi um momento histórico para a humanidade, mas também um marco científico e tecnológico: quase tudo teve que ser descoberto, desenvolvido e testado em uma missão que teve, entre seus pontos fundamentais, a miniaturização de seus componentes.

CANAVERAL - Meio século depois do início da histórica missão Apollo 11, uma viagem de ida e volta à Lua com três astronautas a bordo, a façanha será comemorada amanhã com diferentes atividades no Centro Espacial Kennedy de Cabo Canaveral, na Flórida (Estados Unidos), onde estarão dois de seus protagonistas.

EMPRESAS - Voltar à Lua ou chegar a Marte não mais é só um desafio para agências espaciais nacionais. Nomes como Elon Musk, Jeff Bezos e Morris Kahn decidiram colocar mãos à obra para também serem protagonistas do próximo "grande salto para a humanidade".

NEGACIONISTAS - Há meio século dois seres humanos pisaram pela primeira vez sobre a superfície da Lua... ou não? Ainda há quem acredite que tudo foi uma montagem dos Estados Unidos, uma grande mentira sustentada por milhares de pessoas durante 50 anos.

GATEWAY - A comunidade científica internacional, que comemora 50 anos da chegada do homem à Lua, planeja agora explorar o satélite por meio de uma estação espacial, que servirá também de possível porta de acesso ao espaço profundo.

RÚSSIA - A Rússia retomou o programa lunar criado durante a União Soviética (URSS) e planeja seu primeiro voo tripulado para a Lua em 2030, 61 anos depois da histórica missão Apolo 11, o primeiro grande triunfo dos Estados Unidos na corrida espacial, que até então era liderada pelos soviéticos.

ARTEMIS - Os Estados Unidos planejam voltar à Lua em 2024, quando uma mulher deverá pisar pela primeira vez no satélite natural da Terra. O objetivo da nova viagem, no entanto, não é que a missão seja de ida e volta, como há 50 anos, pois a principal meta do programa Artemis é estabelecer uma presença permanente na Lua, com os olhos voltados para o próximo alvo: Marte. EFE

Mais Tilt