Galaxy S10e x Galaxy A80

Top de linha compacto contra intermediário-premium inovador: quem ganha essa parada?

Wellington Arruda Colaboração para Tilt, em São Paulo
Samuel Sanção de Moura/UOL

De um lado, o smartphone que gira a câmera. Do outro, o irmão menor de uma das linhas mais potentes da Samsung.

Se o Galaxy S10e é o top de linha com tamanho "compacto" da empresa, o Galaxy A80 é um intermediário premium cheio de tecnologias inovadoras, como a tela enorme sem entalhe e a curiosa câmera com mecanismo giratório e que serve tanto de câmera principal quanto a de selfie.

Eles têm preços estipulados acima dos R$ 2.000, mas atuam em faixas bem diferentes. Qual deles vale mais a pena? Isso é o que Tilt mostra neste comparativo.

O A80 adota com firmeza a ideia de "mais tela e bem menos bordas". São 6,7 polegadas sem nenhum entalhe, "furo" para a câmera e afins.

Já o S10e é mais modesto. Ele tem 5,8 polegadas de tela, mas com um furo para abrigar a câmera frontal. É discreto, mas nem se compara com a experiência do irmão A80.

Os dois trazem tecnologia Amoled e resolução 1080p, mas encontra-se maior densidade de pixels por polegada no S10e, que é menor —cerca de 438 ppp, contra 393 ppp do A80. Na usabilidade, o A80 pode ser menos prático do que o S10e. Mas, assistindo vídeos ou filmes, ele certamente é o mais indicado.

Veredito: o A80 ganhou aqui pela experiência de tela mais completa. Ainda que a melhor densidade de pixels seja importante no S10e, não é algo fundamental nesta comparação, já que a densidade do A80 também é muito boa.

Estamos lidando aqui com dois aparelhos bem atuais. O S10e, por um lado, tem várias semelhanças com os outros S10, mas é um dispositivo menor e muito mais leve. É ideal para quem não gosta de celulares grandes.

Já o A80 tem outra visão. Ele tem aspecto mais futurista, uma câmera que "gira", mas ainda assim com características limpas no design. No geral, são 220 gramas do A80 contra 150 gramas do S10e. Ainda assim, os dois são construídos em vidro nos dois lados e têm entrada USB-C. A diferença, entretanto, é que o S10e ainda traz a entrada 3,5 mm para fones de ouvido.

Veredito: O design do A80 certamente é algo fora do comum, ainda mais com sua câmera giratória em ação. Ainda que perca uns pontos no peso e no tamanho, ele ganha aqui de novo. Mas o tamanho compacto e leveza do S10e por pouco não levaram aqui.

O tempo de uso desses dois smartphones, apesar das diferenças nos números (3.700 mAh no A80 contra 3.100 mAh no S10e), é aproximado. O A80 teve uma pequena vitória sobre o S10e por alguns minutos de diferença.

O curioso é que a tela do Galaxy A80 é muito maior do que a do S10e, então havia a chance de que o gasto de energia fosse maior que o do rival também. E isso não aconteceu por pouco.

Em ambos os celulares, você terá gás para um dia inteiro de uso, mas com pouquíssimas chances de aproveitar isso por muito mais tempo.

Tempo de reprodução de vídeo:

  • Galaxy A80: 10h48min
  • Galaxy S10e: 10h32min

Tempo de carregamento:

  • Galaxy A80: 1h26min
  • Galaxy S10e: 1h35min

Como foram os testes:

  • Teste de vídeo: usamos um vídeo de 45s com resolução HD (1280 x 720 pixels) e deixamos rodando em looping dentro do Google Fotos (conexão wi-fi).
  • Teste recarga: usamos os carregadores originais de cada aparelho para recarregar a bateria dos respectivos modelos.
Veredito: Com mais tempo de uso e carregamento mais rápido, novamente deu A80. Mas de novo foi uma vitória apertada.

No Galaxy S10e, temos a câmera principal de 12 MP e abertura variável, e uma lente extra de 16 MP ultrawide —ou grande angular, para fotos com maior possibilidade de enquadramento.

Já no A80, são três sensores: 48 MP (principal), 8 MP (ultrawide) e um ToF 3D, capaz de medir a distância do celular e de um objeto para medir a profundidade de campo.

No S10e, as fotos são mais sólidas e nítidas, especialmente se compararmos as câmeras de ângulo aberto. Ele certamente tem as câmeras mais consistentes entre os dois.

Por outro lado, o A80 carrega um sensor que captura mais detalhes. Ele também ganha quando comparamos imagens com desfoque de fundo do modo retrato.

Mas a graça disso tudo é que o A80 usa as mesmas câmeras nos dois lados, já que existe um motor que gira os sensores.

Um defeito desse modelo, entretanto, é que ele aparenta não lidar muito bem com a luminosidade e pode "estourar" as imagens ou aplicar muitos filtros de contraste.

Veredito: Desta vez deu S10e, pois o fato de ser giratória não faz da câmera principal do A80 uma câmera necessariamente melhor.

Por causa do motor que gira as câmeras, o A80 usa os mesmos sensores tanto na traseira quanto na frontal. Assim, a qualidade pode ficar muito boa, mas também pode pecar dependendo do ambiente.

No S10e, as selfies ficam nas mãos de uma câmera de 10 MP e que faz um ótimo trabalho. Mas, balanceando as coisas, a vantagem aqui fica nitidamente com o Galaxy A80. O irmão mais novo pode usar tanto o sensor de 48 MP para fazer autorretratos quanto o de ângulo aberto. Aliás, ele também faz fotos com fundo desfocado com mais qualidade.

Veredito: Aqui o A80 levou vantagem por ter trazido as vantagens de uma câmera principal para as selfies, já que normalmente a câmera frontal dos celulares vêm com menos recursos.

Estes dois aparelhos não produzem imagens perfeitas em locais com baixa iluminação. Por outro lado, os cliques ficam mais que satisfatórios e com nitidez suficiente nos detalhes. Mas, mais uma vez, precisamos voltar naquele ponto: o A80 tem uma câmera que gira. Assim, usando os mesmos sensores, a vantagem aqui vai mais uma vez para o celular da linha Galaxy A.

Veredito: Deu A80, que trouxe um pouco mais de claridade e menos ruído para a foto, mas ambos pecaram neste quesito.

Galaxy S10e

As coisas ficam mais delimitadas neste ponto. Apesar de ser menor, o Galaxy S10e tem mais foco em desempenho e usabilidade. É raro se deparar com engasgos ou lentidão com jogos e/ou aplicativos pesados.

Por se tratar do "irmão menor" da linha S10, o S10e se comporta muito bem. Ele dificilmente vai apresentar travamentos ou deve fechar apps que rodam em segundo plano.

Inclusive, assim como no A80, ele já roda a versão mais recente da interface Samsung One UI e será atualizado para o Android 10.

Galaxy A80

Já o A80 parte para um uso mais "social", embora cumpra muito bem a grande maioria das atividades. Isso quer dizer que ele também enfrenta o uso diário sem engasgos e travamentos constantes, já que traz 8 GB de RAM (contra 6 GB do S10e).

Por outro lado, o processador do A80 é intermediário, e o do S10e traz um top de linha. Ainda assim, este aparelho consegue rodar jogos pesados e manter um bom número de aplicativos rodando em segundo plano.

A propósito, algo que pode-se destacar em ambos é que eles aceitam expansão via cartão microSD.

Testes

Também rodamos dois aplicativos populares que medem eficiência, velocidade e poder de processamento. Aqui, é possível notar que o S10e se sai melhor na comparação com atividades e aplicativos mais exigentes.

Galaxy A80

AnTuTu: 197.425 pontos.

Geekbench 4: registrou 2.416 pontos considerando o desempenho médio por núcleo individual (single-core) e 6.681 pontos considerando a média de todos os núcleos (multi-core).

Galaxy S10e

AnTuTu: 326.036 pontos.

Geekbench 4: registrou 4.454 pontos considerando o desempenho médio por núcleo individual (single-core) e 10.352 pontos considerando a média de todos os núcleos (multi-core).

Veredito: vitória para o S10e pelos números e especificações. No uso médio os dois devem ir bem, mas o top de linha é recomendado para quem precisa de desempenho.

No Galaxy S10e, a Samsung trouxe algo que não está presente no A80: proteção contra água e poeira (IP68). Isso não significa que o aparelho seja completamente à prova d'água, mas resiste bem a respingos e mergulhos em certas situações, como na chuva ou na beira do mar.

Além disso, o smartphone traz abertura variável na câmera principal, que se adapta a lugares mais escuros ou com mais luz na hora de fazer as fotos.

Já o A80, um aparelho mais atual e com tecnologias mais recentes, fica à frente no quesito extras por causa da inovação. Ele traz, por exemplo:

  • Leitor biométrico sob a tela;
  • A própria tela emite som, já que não há nenhuma saída;
  • A câmera que gira permite gravar em 4K na frontal;
  • Seu carregamento é de 25W contra o de 15W do S10e.

Vale ter em mente, entretanto, que o leitor biométrico do S10e que fica na lateral é mais rápido, e o alto-falante do aparelho menor também tem mais qualidade e imersão.

Algo que está presente em ambos é o sistema de inteligência artificial para as câmeras. Ele pode reconhecer diferentes tipos de cenários (como pessoas, animais, paisagens) e adapta as configurações automaticamente.

Galaxy S10e

Tipo de tela

Amoled dinâmico

Tamanho de tela

5,9 polegadas (19:9)

Resolução de tela

2.280 x 1.080 pixels

Sistema operacional

Android 9.0 Pie

Processador

Exynos 9820 octa-core (2.73 GHz)

Memória

6 GB

Armazenamento

128 GB

Câmera traseira

12 MP (f/1.5-2.4) + 16 MP (f/2.2) ultrawide

Câmera frontal

10 MP (f/1.9)

Resistência

IP68 contra água e poeira

Dimensões

142.2 x 69.9 x 7.9 mm 

Peso

150 gramas

Bateria

3.100 mAh

Preço de lançamento

R$ 4.299 (oficial) / R$ 2.599 (Shopping UOL - 03/09) 

Galaxy A80

Tipo de tela

Super Amoled

Tamanho de tela

6,7 polegadas (20:9)

Resolução de tela

2.400 x 1.080 pixels

Sistema operacional

Android 9.0 Pie

Processador

Qualcomm Snapdragon 730 (2.2 GHz)

Memória

8 GB

Armazenamento

128 GB

Câmera traseira

48 MP (f/2.0) + 8 MP (f/2.2) ultrawide + ToF 3D

Câmera frontal

48 MP (f/2.0) + 8 MP (f/2.2) ultrawide + ToF 3D

Resistência

Não possui resistência à água

Dimensões

165.2 x 76.5 x 9.3 mm

Peso

220 gramas

Bateria

3.700 mAh

Preço de lançamento

R$ 1.999 (oficial) / R$ 1.799 (Shopping UOL - 03/08)

Arte/UOL

Temos que concordar que, tratando-se de inovação, o Galaxy A80 ganha do S10e. Ele traz mais tecnologias, uma tela muito maior e nenhuma intervenção nela, como entalhes ou furos. Então ele saiu como nosso vencedor.

Por si só, ele impressiona com a câmera que gira, que dá às selfies do usuário a mesma qualidade da câmera principal. Isso, entretanto, não significa que tudo que ele faça seja melhor que o S10e.

O ideal é balancear as necessidades: no S10e, você encontra mais desempenho e solidez; no A80, mais tecnologias e um design ainda mais recente.

Se você se importa muito em ter uma tela gigante para assistir filmes e séries na Netflix, Amazon Prime e afins, o A80 é certamente o mais recomendado.

Mas se você pretende ter um aparelho que possa durar mais tempo no mercado, com proteção contra água e hardware mais forte, aí é o S10e.

O modelo menor, apesar de ser mais "contido", ainda assim foi lançado em 2019 e traz muita tecnologia importante, como o Bluetooth 5.0, presente nos dois. Ah, e seu preço também está um pouco mais em conta.

Curtiu? Compartilhe.

Topo