PUBLICIDADE
Topo

Vídeos do Terça Livre sumiram por problema técnico, diz YouTube

Dono do canal, Allan dos Santos, disse que vídeos haviam sido excluídos - Pixabay
Dono do canal, Allan dos Santos, disse que vídeos haviam sido excluídos Imagem: Pixabay

De Tilt, em São Paulo

10/08/2021 20h31

O YouTube negou hoje que tenha apagado os vídeos do canal bolsonarista "Terça Livre", e comunicou que enfrenta um problema que faz com que alguns canais pareçam não ter vídeos.

"Os vídeos ainda estão lá e podem ser encontrados pela pesquisa, página inicial, studio para criadores, etc. Aguardem por atualizações", diz o posicionamento oficial da plataforma.

Mais cedo, o dono do canal, Allan dos Santos, publicou nas redes sociais que o sumiço dos vídeos era "mais uma afronta do YouTube ao Poder Judiciário", e que todo o conteúdo do canal havia sido excluído.

O "Terça Livre" foi removido da plataforma no começo deste ano após violar as regras de uso. No fim do ano passado, o canal, que tem mais de 1,2 milhão de inscritos, publicou um vídeo que sugeria fraude nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Na época, Santos conseguiu manter a página por meio de liminar. Em julho, a decisão perdeu efeito e a Justiça decidiu que não havia motivos que embasassem a reativação do canal. Poucos dias depois, o entendimento foi revertido na segunda instância.

Allan dos Santos é investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por atos antidemocráticos.