Topo

Mais de 198 mil brasileiros tiveram WhatsApp clonado em janeiro

WhatsApp Imagem: Getty Images

De Tilt, em São Paulo

19/02/2020 10h04

Um levantamento da statup PSafe estimou que 198,1 mil brasileiros tiveram o WhatsApp clonado em todo o país somente no mês de janeiro. De acordo com o estudo, São Paulo lidera a lista de estados mais afetados, com 41,2 mil vítimas. Em seguida, estão o Rio de Janeiro (24, 2 mil) e Minas Gerais (15,9 mil).

O WhatsApp tem sido alvo constante de clonagem. O golpe mais comum recentemente ficou conhecido como o golpe da festa.

"No golpe da festa, o criminoso pesquisa por eventos que terão a presença de pessoas famosas. Depois, se passando pelo organizador da festa, o golpista entra em contato com a potencial vítima para solicitar uma suposta confirmação de identidade. Para realizar a confirmação, a pessoa precisa informar um código enviado ao seu celular. Contudo, o que a vítima não percebe é que este código se trata de um PIN de seis dígitos que libera acesso à sua conta do WhatsApp", explicou Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe, no resultado da pesquisa.

"Ao fornecê-lo, ela tem a conta bloqueada em seu celular e liberada no aparelho do atacante. A partir daí, a vítima tem seu WhatsApp clonado", complementou.

Vaga de emprego foi golpe mais usado

Ainda segundo o levantamento, em janeiro foram detectados 7.590 mil golpes que impactaram 13,6 milhões de usuários em todo o país. A temática mais usada foi a de vaga de emprego falsa, atingindo mais de 5 milhões de pessoas.

Como se proteger

Emilio Simoni listou na divulgação da pesquisa alguns cuidados para não cair em golpes. Confira:

  • Tenha cuidado ao clicar em links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais. Sempre verifique as informações compartilhadas nos sites oficiais das empresas, e desconfie de promoções, brindes e descontos.
  • Para evitar ter o WhatsApp clonado, ative a autenticação em dois fatores. Disponível no próprio WhatsApp, a função aumenta a segurança da conta. Para ativar, abra seu WhatsApp e toque em Configuração (Android) ou Ajustes (iOS) > Conta > Confirmação em duas etapas > ativar
  • Utilize soluções de segurança no celular que disponibilizam proteção contra clonagem no Whatsapp

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mais de 198 mil brasileiros tiveram WhatsApp clonado em janeiro - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Newsletters

Perdeu algum assunto de tec na semana? Sem crise. Tilt explica, complica um pouco e explica de novo. Toda sexta.

Segurança