PUBLICIDADE
Topo

Tudo indica que este poderoso intermediário da Huawei vai chegar ao Brasil

Huawei Nova 3i - Divulgação
Huawei Nova 3i Imagem: Divulgação

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

15/08/2018 13h24

Uma das cinco maiores fabricantes de smartphones do mundo, a chinesa Huawei está aos poucos acertando a venda de seus modelos no Brasil por meio da recente parceria com a Positivo. A nova pista sobre isso é que um celular da marca foi recentemente homologado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Uma busca na ferramenta de produtos homologados da Anatel retorna o resultado do celular "INE-LX2" da Huawei, com documento emitido na quinta-feira passada (9). Este INE-LX2 é o nome de fábrica para o Nova 3i, um celular intermediário.

VEJA TAMBÉM:

Sobre especificações: o Nova 3i tem o Kirin 710 octa-core com boa velocidade (2,2 GHz) e tela de 6,3 polegadas LCD e resolução 2.340 x 1.080 pixels. Para efeito de comparação, os intermediários Moto G6 Plus e Galaxy A8 têm telas menores, de 5,9 e 5,6 polegadas respectivamente.

Como reza a moda, com o devido entalhe do iPhone X. Na verdade, o visual do aparelho inteiro demonstra ser mais um clone do cobiçado smartphone da Apple.

Para quem se importa mais com fotos, ele está totalmente no bonde das câmeras duplas na traseira --16 MP + 2 MP-- e na frontal --24 MP + 2 MP. A maioria dos intermediários já tem câmeras duplas, mas geralmente na traseira ou na frontal, e não nos dois. O Zenfone 4 Selfie Pro, da Asus, é um dos poucos modelos no Brasil que tem câmera frontal dupla, mas a traseira é simples.

Lá fora, há três opções de armazenamento e memória RAM para o Nova 3i: uma com 128 GB/4 GB, e outras com 64 GB/4 ou 6 GB RAM.

Ele já vem com Android 8.1, lançado no ano passado e presente na maioria dos celulares recentes. Mas o sistema usa uma interface própria da Huawei, a EMUI. A bateria é de 3.340 mAh, na média do segmento intermediário.

Caso tenha se animado com a notícia, lembramos que a homologação de um celular na Anatel não é a garantia de que o modelo será mesmo lançado no Brasil. A própria Huawei homologou em setembro do ano passado o modelo Mate 9 Lite, mas ele nunca deu as caras por aqui.

Mas como a empresa voltará a vender celulares no Brasil com apoio da brasileira Positivo, essa nova homologação deve ser um indício forte de que virá mesmo, além de outros três modelos como o top de linha P20 Pro. A última incursão dos celulares Huawei no Brasil foi o Ascend P7, lançado em dezembro de 2014.

Caneta do Note 9 te ajuda a tirar fotos melhores

UOL Notícias