Topo

Veja o Android Pie na prática: mais gestos, menos botão e mais bateria

Helton Simões Gomes

Do UOL, em São Paulo

09/08/2018 04h00

O sistema operacional Android acaba de ganhar sua nona versão. O UOL Tecnologia já deu uma olhada no Android Pie num celular Google Pixel 2 e agora te mostra as principais mudanças. 

O grande avanço foi em relação à inteligência artificial, que tornou o telefone mais responsivo -- ou seja, ele aprende e se adapta às suas necessidades. Isso serve para a bateria, o brilho e os gestos.

Os botões virtuais que ficam no rodapé do celular sumiram. Você terá que aprender novos gestos de controle, mas isso é bem intuitivo.

VEJA TAMBÉM:

O único botão virtual remanescente é o Home. Ele permite a abertura do menu que reúne todos os aplicativos. 

Os botões de volume continuam servindo para elevar ou reduzir o som, mas, no Android Pie, eles também acionam um painel lateral que trazem mais funções. 

O Android Pie também faz alguns aplicativos dar as caras quando outros serviços estiverem em uso. Isso rola porque a inteligência artificial do sistema operacional tenta aprender com o usuário para tentar antecipar qual deve ser sua próxima ação

O sistema com inteligência artificial consegue entender o que está sendo mostrado na câmera e pode te ajudar a identificar ou buscar o objeto - UOL
O sistema com inteligência artificial consegue entender o que está sendo mostrado na câmera e pode te ajudar a identificar ou buscar o objeto
Imagem: UOL

Por exemplo: ao buscar por algum filme, série ou música na ferramenta de busca, um dos resultados será a sugestão para ver esse conteúdo no Netflix ou no Spotify. Os apps que você mais usa aparecerão ainda no topo do menu principal.

O botão de desligar vai fazer mais coisa do que apenas desligar o aparelho. Com dois toques nele, você ligará a câmera. Ao pressioná-lo por um pouquinho mais de tempo, você faz uma captura de tela.

Outra novidade é que dará para acionar a câmera inteligente do Google a partir do Google Assistente. Todo trabalhado na inteligência virtual, o recurso dá ao celular o poder de entender o que a câmera está mostrando e oferecer algumas opções de ações. É possível procurar na internet produtos similares ao que a câmera está exibindo, copiar textos e identificar plantas e animais.

Para poupar bateria, o Android Pie destinará menos energia àqueles aplicativos que você usa pouco. Quando a função “Bateria Adaptativa” é acionada, segundo promete o Google, o celular economiza até 30% de energia.

Uma ferramenta mostrará quais apps usam recursos do celular que acessam informações pessoais ou exploram a intimidade, como o microfone, a câmera ou o GPS. Assim, ficará mais fácil retirar as permissões dadas a esses aplicativos.

Mais Tilt