PUBLICIDADE
Topo

Compra online exige cuidados; veja dicas para fazer compras na Black Friday

Guilherme Tagiaroli

Do UOL, em São Paulo

27/11/2014 06h01

Diferente dos Estados Unidos, o fenômeno da Black Friday (dia em que varejistas fazem liquidação de vários produtos, inspirado numa tradição norte-americana) no Brasil ocorre predominantemente em lojas virtuais. Para ajudar quem que quer aproveitar a data para fazer compras, o UOL Tecnologia reuniu dicas com especialistas e órgãos de defesa ao consumidor para os interessados em fazer compras seguras nesta sexta-feira (28).

Dicas para fazer compras online durante a Black Friday

  • Reprodução

    Use sites comparadores de preço

    A Black Friday foi apelidada por alguns como "Black Fraude" pelo inflacionamento de preços seguido de um desconto. Antes de comprar, verifique em sites comparadores de preço se o valor do item desejado teve um desconto real. Sites como o Shopping UOL, Buscapé e Zoom são opções.

  • Divulgação/Kaspersky

    Fique esperto com perfis falsos de empresas em redes sociais

    Golpistas têm criado páginas em redes sociais (sobretudo Instagram e Facebook) que prometem promoções ou prêmios por curtidas, segundo a empresa de segurança Kaspersky. O objetivo disso é bombar os perfis de seguidores para depois vendê-los para disseminar links falsos.

  • Thinkstock

    Mantenha seu antivírus e sistema operacional atualizados

    Segundo o Procon-SP, atualizar o sistema operacional do computador e o antivírus é importante, pois as companhias sempre estão liberando correções para brechas de segurança. Não deixar o software atualizado pode dar margem para a exploração de alguma falha.

  • Shutterstock

    Verifique se o site usa HTTPS em seu endereço

    Ao fechar a compra, verifique se o endereço da página tem o termo "https", recomenda o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor). Isso assegura que a conexão entre o PC e a página de compras está sendo criptografada. Quando isso ocorre, geralmente, aparece um ícone de cadeado no browser.

  • Thinkstock

    Prefira pagar com cartão de crédito

    Segundo Fábio Assolini, da empresa de antivírus Kaspersky, é melhor usar cartão de crédito, pois eles costumam ter mais mecanismos de segurança, como notificação em caso de tentativa de fraude. Além disso, atualmente há ataques que modificam boletos para transferir dinheiro para contas de terceiros.

  • Getty images

    Tome cuidado com promoções enviadas por e-mail

    Antes de clicar em promoções via e-mail ou redes sociais, passe o mouse sobre os links. Segundo a McAfee, há ameaças de phishing que usam nomes de lojas famosas para enganar usuários. Algumas falsificações são bem profissionais. Por isso, prefira entrar direto no site oficial.

  • Divulgação

    Pesquise se a loja virtual é confiável

    Após escolher uma loja de comércio eletrônico para comprar, pesquise reclamações sobre ela em redes sociais e em sites especializados. O Reclame Aqui costuma ter uma lista extensa de problemas vividos por consumidores. Além disso, o Procon mantém uma lista com sites que não respeitam os clientes.