PUBLICIDADE
Topo

Sucesso no Instagram, porco Jamon vira série animada na rede social

A publicitária Andrea Mendes, 35, é dona do Jamon; após sucesso no Instagram, Andrea e seu esposo idealizaram uma série animada sobre o suíno - Reprodução/Instagram/jamonthepig
A publicitária Andrea Mendes, 35, é dona do Jamon; após sucesso no Instagram, Andrea e seu esposo idealizaram uma série animada sobre o suíno Imagem: Reprodução/Instagram/jamonthepig

Do UOL, em São Paulo

03/10/2014 16h02Atualizada em 08/10/2014 19h34

No meio de 2013, a publicitária Andrea Mendes, 35, ganhou um bicho de estimação diferente: um porquinho chamado Jamon. Para mostrar o dia a dia do suíno, ela, então, criou a conta "Jamon the pig" no Instagram, que já tem quase 60 mil seguidores. Com o sucesso, Andrea e seu marido,o publicitário Domênico Massareto, 36, resolveram criar uma série animada para o Instagram, que começa a ser publicada nesta sexta-feira (3).

“Com as pessoas interagindo como se o próprio Jamon estivesse escrevendo, a gente viu que poderia trazer um conteúdo diferente para o mercado”, disse Andrea, em entrevista ao UOL. As animações da série “Jamon the pig” têm 15 segundos de duração e o porco não fala, pois boa parte dos seguidores é de fora do Brasil. Dessa forma, o alcance é maior.

Em outubro de 2013, o porco apareceu como destaque no blog do Instagram. “Foi uma surpresa para a gente. Já tínhamos visto gatos, cachorros e porco-espinho. Não imaginávamos que escolheriam um porco”, descreveu Andrea.

Na época, vários sites e programas norte-americanos (como “Mashable” e “Good Morning America”) falaram da conta do Jamon, o que fez com que várias pessoas de fora do país seguissem o perfil.

Apesar do sucesso, os donos dos porquinhos dizem que não ganham dinheiro com o suíno e que a série de vídeos com o Jamon é toda bancada por eles. Já foram feitos 12 episódios que serão publicados às sextas-feiras no Instagram.

Por que um porco?

A decisão de ter um porco veio após a morte de dois cachorros de Andrea. Depois de pesquisar por um bom tempo por bichos de estimação que vivem bastante, o marido de Andrea deu a ela no dia dos namorados o Jamon. Segundo ela, dependendo do tipo de tratamento, um suíno pode viver mais de 20 anos.

“Os porcos são bem regrados. Não é como cachorro que você deixa a comida lá e ele come quanto tem vontade. Eles comem seis vezes ao dia em pequenas quantidades”, explicou a dona do Jamon. Além disso, diz, ele é bem desengonçado e tem patas pesadas. “Tentamos mostrar que ter um porco não é moda. É um animal como outro qualquer, mas que exige alguns cuidados especiais.”