PUBLICIDADE
Topo

Fotógrafo conta como 'emprestou' câmera para macaca fazer selfie

David Slater deixou que macacos da Indonésia brincassem com sua câmera - Reprodução/Daily Mail
David Slater deixou que macacos da Indonésia brincassem com sua câmera Imagem: Reprodução/Daily Mail

Do UOL, em São Paulo

08/08/2014 10h00

O fotógrafo britânico David Slater, 49, está envolvido em uma disputa curiosa sobre os direitos autorais do selfie feito por uma macaca. Diante dessa polêmica com a Wikimedia Foundation, organização responsável pela enciclopédia colaborativa Wikipedia, ele deu uma entrevista contando como o primata fez seu próprio registro.

O episódio foi em 2011, durante uma viagem de Slater à Indonésia. Na ocasião, ele acompanhou um grupo de 20 macacos pela floresta da ilha de Sulawesi. No final do segundo dia da expedição para tirar fotos, os macacos já pareciam estar acostumados com o fotógrafo. Foi quando começaram a procurar insetos em seu cabelo e a inspecionar sua câmera, conforme relatou ao “Daily Mail”.

“Eles passaram a mostrar um lado brincalhão, pulando em cima do equipamento. A princípio, o barulho do clique os assustou, mas alguns voltaram.” Slater então colocou a câmera sobre um tripod (suporte) e deitou no chão segurando o equipamento, para que os macacos não o levassem embora.

Durante cerca de meia hora, ele deixou os bichos brincarem com a novidade. “Foi como ver seu filho aprender a mexer em um brinquedo. Foi muito divertido.” Muitas das imagens ficaram fora de foco, mas quatro delas estavam perfeitas – inclusive o selfie da macaca, que a Wikimedia Foundation disponibilizou gratuitamente para quem quisesse usar (Slater ameaça entrar na Justiça, alegando ter os direitos autorais sobre o conteúdo).

A sessão de fotos acabou por determinação do macho dominante. “Ele subiu nas minhas costas e me deu um cutucão. Eles têm dentes enormes, então decidi que era hora de parar”, contou o fotógrafo.

Segundo ele, as fêmeas foram as que mais fizeram selfies (autorretratos). Sobre a imagem que rodou o mundo, ele explicou: “Não se trata de um sorriso”. Segundo Slater, esses macacos mostram os dentes quando veem um semelhante que não conhecem – foi isso o que fez a macaca, quando se viu refletida na lente. “Pode indicar uma situação em que eles não sabem o que fazer.”