PUBLICIDADE
Topo

Artista da Campus Party transforma PCs em robôs e "ganha a vida" em eventos

Rafael Nassari controla robô feito por seu pai  - Junior Lago/UOL
Rafael Nassari controla robô feito por seu pai Imagem: Junior Lago/UOL

Flávio Carneiro

Do UOL, em São Paulo

30/01/2014 15h39

Alguns robôs se destacaram entre nos corredores da Campus Party 2014. Uma reprodução do herói em quadrinhos Homem de Ferro, um personagem do desenho animado “Gundam” e uma estrutura laranja que se move por controle remoto (e remete à série de TV ‘Doctor Who’) estavam lado a lado. O que eles têm em comum: foram feitos pelo artista plástico Alexandre Ferreira, 39, e possuem um computador dentro de cada uma.

Segundo Ferreira, ele investiu cerca de R$ 15 mil para fazer todos os “brinquedões”, que na verdade são casemods – modalidade em que os usuários customizam seus desktops, alguns ao extremo. Além das funções básicas de um computador, as criações também possuem alguns movimentos e várias luzes (que ainda estavam desativadas).

  • Robô criado por Ferreira tem mais de 3 metros e é composto por 38 peças de fibra de vidro

O 'brinquedo' laranja é a criação mais recente do artista. Ele demorou cerca de três meses para produzi-la no final de 2013 e trouxe a obra pela primeira vez ao evento. O gasto foi de R$ 5.000 e, na verdade, a obra virou um brinquedo para filho de Ferreira, Rafael Nassari, de 6 anos. “O Rafael entra no produto e consegue dirigi-lo com um controle de Playstation 2”, conta o artista.

O robô utiliza uma bateria de carro como fonte de energia. Para se locomover, a obra possui dois motores de para-brisas de carros. As rodas foram retiradas de uma bicicleta.

Com os três robôs criados, o artista passou a ganhar a vida com palestras e participações em feiras de robótica e tecnologia. Ele espera fazer eventos em vários Estados neste ano, como Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná.