PUBLICIDADE
Topo

Vendas de chips para celular podem voltar a ser proibidas, diz Anatel

Da Agência Câmara

07/08/2012 16h40

O presidente da Anatel, João Rezende, afirmou que a agência está empenhada em garantir a melhoria do serviço de telefonia móvel e que vai fazer o acompanhamento trimestral das operadoras. "A Anatel vai fazer um pente fino nesses compromissos. Não descartamos novas suspensões das vendas, caso os indicadores não melhorem", informou.

Segundo Rezende, as empresas serão cobradas a cumprir o plano de investimentos apresentado à agência para que a proibição da venda de chips fosse suspensa. As empresas prometeram investir R$ 20 bilhões no próximo triênio. "Desse total elas precisarão antecipar pelo menos R$ 4 bilhões", ressaltou.

Rezende explicou também que a suspensão se baseou em dados checados em cada Estado. As informações indicavam um grande crescimento na interrupção de chamadas. Além do congestionamento da rede, a Anatel também recebe muitas reclamações com relação ao atendimento dos call-centers das operadoras.

João Rezende participa de audiência pública da Comissão de Ciência e Tecnologia Comunicação e Informática para discutir a suspensão das vendas de chips pela operadoras Oi, TIM e Claro.

A audiência ocorre no plenário 13.