PUBLICIDADE
Topo

Arquipélago de Vanuatu declara estado de emergência climática

28/05/2022 09h23

Sydney, 28 Mai 2022 (AFP) - O arquipélago de Vanuatu declarou estado de emergência climática na sexta-feira e anunciou um plano de US$ 1,2 bilhão para mitigar as consequências das mudanças climáticas.

Em um discurso perante o Parlamento, o primeiro-ministro Bob Loughman reconheceu que a região do Pacífico já é afetada pelo fenômeno do aumento das águas e eventos climáticos violentos.

Este arquipélago de 300.000 pessoas foi atingido por dois fortes ciclones e uma seca devastadora na última década.

"A terra já é muito quente e insegura", disse Loughman. "Estamos em perigo agora, e não apenas no futuro".

O Parlamento apoiou por unanimidade esta moção, semelhante a outras declarações de emergência climática de dezenas de países, incluindo o Reino Unido, o Canadá e as Ilhas Fiji.

"O uso do termo emergência é uma forma de destacar a necessidade de ir além das medidas usuais", disse o chefe do governo.

Esta declaração é feita quando Vanuatu está empreendendo uma campanha diplomática para obter uma decisão legal da Corte Internacional de Justiça (CIJ), a mais alta jurisdição da ONU, sobre as consequências do aquecimento global.

al/dgi/mtp/juf/ia/me/zm/aa