PUBLICIDADE
Topo

Degelo no passado aumentou o nível do mar muito mais rápido que hoje, afirma estudo

01/04/2021 11h33

Londres, 1 Abr 2021 (AFP) - O degelo das calotas polares no passado provocou um aumento do nível do mar muito mais rápido do que na atualidade, segundo um estudo britânico publicado nesta quinta-feira (1º) que fornece "chaves" sobre os efeitos do aquecimento global.

Segundo os cientistas, o nível das águas poderia subir 1 metro ou inclusive o dobro até o final do século XXI.

Esses pesquisadores, liderados por cientistas da Universidade de Durham, usaram registros geológicos do nível do mar no passado para estimar que os níveis subiram 3,6 metros por século durante um período de 500 anos no final da última era glacial, há cerca de 14.600 anos.

A equipe também descobriu que este aumento de 18 metros no nível do mar pode ser originado principalmente pelo derretimento do gelo no hemisfério norte e não na Antártica como se pensava anteriormente.

Os cientistas afirmam que seu trabalho pode proporcionar "chaves" sobre o impacto da mudança climática nos mares.

"Descobrimos que a maior parte do rápido aumento do nível do mar ocorre devido ao degelo da calota polar na América do Norte e Escandinávia, com uma contribuição surpreendentemente pequena da Antártica", explicou uma das autoras do estudo, Pippa Whitehouse, do departamento de geografia da Universidade de Durham, no nordeste da Inglaterra.

"A próxima grande pergunta é o que desencadeou o degelo e qual impacto teve a grande afluência de água nas correntes oceânicas do Atlântico Norte", acrescentou.

"Isso nos preocupa muito hoje em dia", afirma, porque "qualquer transtorno na corrente do Golfo, por exemplo devido ao degelo na Groenlândia, terá consequências importantes para o clima no Reino Unido".

O aumento do nível do mar durante cinco séculos no final da última era glacial provocou a inundação de grandes extensões de terra e uma alteração da circulação oceânica, com efeitos em cadeia sobre o clima mundial, explicaram os cientistas.

jj-acc/me/aa