PUBLICIDADE
Topo

UE chega a acordo para alcançar neutralidade de carbono até 2050

12/12/2019 22h07

Bruxelas, 13 dez 2019 (AFP) - Dirigentes da União Europeia (UE) chegaram na madrugada desta sexta-feira a um acordo para chegar à neutralidade de carbono no Bloco até 2050, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

"Acordo sobre a neutralidade climática para 2050. O Conselho Europeu alcançou um acordo sobre este importante objetivo", revelou Michel.

O ex-premier belga destacou que "um Estado membro" precisa de "mais tempo para implementar este objetivo", e o caso será discutido novamente em junho.

Segundo várias fontes europeias, a Polônia, o país mais reticente a este objetivo, permitiu a declaração final da cúpula, adotada por unanimidade, mas não se comprometeu a adotá-lo ainda.

A maioria dos países queria um compromisso sobre este objetivo, eixo do Pacto Verde revelado na véspera pela Comissão Europeia, para enviar um sinal à comunidade internacional em plena COP25.

A neutralidade do carbono consiste em que o país não emita mais gases do efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento global, do que consiga absorver, como através de suas matas, por exemplo.

Os líderes dos 27 países também manifestaram "um apoio unânime" à "aplicação de uma taxa aos produtos externos" ao Bloco que "não respeitem as mesmas exigências climáticas que as empresas europeias", revelou a presidência francesa.

A Comissão Europeia deverá elaborar nos próximos meses um texto legislativo para estabelecer um mecanismo fiscal dentro do programa "Pacto Verde".

bur-tjc/af/mvv

Tilt