PUBLICIDADE

Topo

eSports fora do armário: 7 pro players LGBTs que lutam contra o preconceito

Do Start

Em São Paulo

30/06/2021 04h00

O mercado dos eSports no Brasil ainda é bastante hostil com LGBTQIA+ - vide o caso recente de transfobia envolvendo o jogador e streamer Buxexa. Mesmo assim, já temos alguns exemplos de pro players que desafiaram preconceitos para assumir sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Para fechar o mês do Orgulho LGBTQIA+, o Start listou alguns profissionais do cenário competitivo que dão exemplos dentro e fora dos jogos. A lista inclui profissionais como Kami, bicampeão do CBLoL; Minerva (também de LoL); Olga Rodrigues (de CS:GO); o casal Gabee (CS:GO) e Camila Naper (Valorant); Atlanta e o campeão do The Game Awards Sonic Fox.

Confira no vídeo acima.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol