PUBLICIDADE
Topo

Centro Niemeyer expõe obras de artistas espanhóis exibidas na Bienal de SP

05/07/2022 01h02

Avilés (España), 4 jul (EFE).- O Centro Oscar Niemeyer, em Avilés (Espanha), reúne trabalhos de alguns artistas espanhóis e brasileiros apresentados na história da Bienal de São Paulo em uma exposição intitulada "Vuelta al revés del revés", que também homenageia os 200 anos da independência do Brasil.

A curadora da exposição, Genoveva Tusell, lembrou na apresentação da mostra, nesta segunda-feira, que o próprio Oscar Niemeyer projetou o centro cultural localizado no norte da Espanha e foi o arquiteto do pavilhão na bienal.

Ela destacou que a exposição conta com 88 obras de 55 artistas de ambos os países, entre eles Jorge Oteiza, Antoni Tàpies, Modest Cuixart, César Olmos, Joan Ponç, Águeda de la Pisa e Rafael Canogar.

O diretor-geral do Centro Niemeyer, Carlos Cuadros, destacou que o DNA do complexo inclui uma vocação de irmandade cultural com o Brasil, que celebra este ano o 200º aniversário de sua independência.

A exposição tem apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), da Acción Cultural Española (AC/E) e do Ministério de Cultura e Esporte da Espanha, entre outros, com o apoio de outras organizações que a levarão ao Brasil em março de 2023. EFE