PUBLICIDADE
Topo

De volta ao México, cineasta Alejandro G. Iñárritu termina filmagens de 'Bardo'

23/09/2021 20h02

México, 23 Set 2021 (AFP) - O premiado cineasta mexicano Alejandro González Iñárritu anunciou o fim das filmagens de "Bardo", o longa que marca seu retorno ao México depois de duas décadas, informou sua assessoria de imprensa nesta quinta-feira (23).

Vinte anos após rodar seu primeiro filme, "Amores perros", o vencedor de cinco Oscars "voltou ao seu país natal, o México, para produzir e filmar este novo projeto", disseram seus agentes em nota.

"Bardo (ou Falsa Crônica de Algumas Verdades)" é estrelado pelo ator espanhol-mexicano Daniel Jiménez Cacho e pela argentina Griselda Siciliani. O roteiro foi coescrito pelo próprio Iñárritu e o argentino Nicolás Giacobone.

A trama gira em torno de um renomado jornalista e documentarista mexicano "que retorna ao seu país enfrentando sua identidade, seus afetos familiares, assim como o passado e a nova realidade de seu país".

Responsável por uma filmografia extraordinariamente premiada, Iñárritu, de 58 anos, dirigiu seis longas-metragens, todos indicados ao Oscar.

Com "Amores Perros", que estreou na Semana da Crítica de Cannes em 2000, alcançou fama mundial. Em seguida, vieram "21 Gramas" (2003), com Sean Penn, e "Babel" (2006), protagonizado por Brad Pitt.

Em 2016, com "O Regresso", estrelado por Leonardo DiCaprio, ele se tornou o terceiro diretor na história da premiação a ganhar o Oscar de melhor diretor duas vezes consecutivas, seguindo os passos de John Ford (1941 e 1942) e Joseph L. Mankiewicz (1950 e 1951). Ele havia vencido em 2015 por "Birdman", com Michael Keaton.

Junto com Alfonso Cuarón e Guillermo del Toro, Iñárritu faz parte do grupo de diretores que por meio de Hollywood colocaram o México na mais alta categoria do cinema mundial.

nc/yow/ic/mvv