PUBLICIDADE
Topo

Morte de filho de Sinéad O'Connor será investigada, diz jornal irlandês

Morte de filho de Sinéad O"Connor será investigada pelo governo irlandês - Reprodução
Morte de filho de Sinéad O'Connor será investigada pelo governo irlandês Imagem: Reprodução

Colaboração para Splash, em São Paulo

10/01/2022 11h40

O jornal "The Irish Times" revelou hoje que a morte do filho da cantora Sinéad O'Connor será investigada pela National Review Panel (NRP), órgão do governo irlandês que investiga incidentes envolvendo crianças.

O envolvimento da NRP acontece após a artista culpar, através de seu perfil no Twitter, o governo e as autoridades da Irlanda pela perda do filho.

Sineád O'Connor - Reprodução - Reprodução
Shane O'Connor, filho de Sinead O'Connor, foi encontrado morto aos 17 anos; cantora culpa governo irlandês por morte do adolescente
Imagem: Reprodução

Nevi'im Nesta Ali Shane O'Connor foi encontrado morto em 8 de janeiro, após desaparecer por dois dias. Ele fugiu do Tallaght Hospital, em Dublin, em que se encontrava, após ser internado por tentativas de suicídio. A notícia de sua morte foi divulgada pela própria Sinéad, que fez uma publicação informando que seu filho "decidiu encerrar sua luta terrena".

"Meu lindo filho, Nevi'im Nesta Ali Shane O'Connor, a própria luz da minha vida, decidiu encerrar sua luta terrena hoje e agora está com Deus. Que ele descanse em paz e que ninguém siga seu exemplo. Meu bebê. Eu te amo muito. Por favor, fique em paz".

Antes de descobrir a morte de Shane, a artista postou em seu Twitter que processaria o hospital por permitir que seu filho saísse sem autorização ou supervisão, se algo acontecesse com ele.

"Eu quero saber por quê Lynn Ward do Tallaght Hospital, que deveria supervisionar meu filho 24 horas por dia, 7 dias por semana, conseguiu deixá-lo fugir de seu controle nesta manhã, quando, há sete dias, ele tentou se matar duas vezes", escreveu.

"Como uma pessoa de dezessete anos, traumatizada, que está em observação por tentativa de suicídio no Tallaght Hospital de Lynn Ward consegue, simplesmente, desaparecer? O hospital, claro, está se recusando a se responsabilizar. E se alguma coisa acontecer com o meu filho enquanto eles deveriam estar cuidando dele? Processo", finalizou.

Sinéad é mãe de mais três filhos, além de Shane - Jake Reynolds, Roisin Waters e Yeshua Francis Neil Bonadio. Recentemente, ela mudou seu nome para Shuhada 'Davitt e também dedicou a música Ride Natty Ride, de Bob Marley, ao filho.

"Isto é para o meu Shaney. A luz da minha vida. O brilho da minha alma. Meu bebê de olhos azuis. Você sempre será minha luz. Nós estaremos sempre juntos. Nenhuma fronteira pode nos separar".

Após a dedicatória, ela informou que "26 horas depois de terem encontrado o corpo de seu filho, os órgãos governamentais ainda não tinham entrado em contato com a sua família". Em seguida, ela contou que seu advogado recebeu um comunicado do advogado da Tusla (Agência da Família e Criança da Irlanda), informando que "tinha sido informado que sua cliente (Sinéad) foi avisada que a identificação dos restos mortais estava marcada para esta tarde".

Sinéad se revoltou: "Será que Tusla poderia se tocar, de uma vez por todas, que o nome do meu filho não é 'restos mortais'? Seu nome é Shane".

Horas mais tarde, Sinéad voltou ao Twitter para informar que havia reconhecido o corpo do filho.

"Agora identifiquei formalmente os restos mortais do meu filho, Shane. Que Deus perdoe o Estado irlandês, pois nunca o farei. Agora querem discutir comigo 'um comunicado à mídia', sem dúvida, querendo que eu me junte aos seus esforços para fazer com que a morte do meu filho pareça que não foi das mãos do Estado irlandês".

A cantora informou que tirará um tempo para viver seu luto e voltou a Tusla.

"Qualquer declaração vinda de Tusla sugerindo que a) eles fizeram seu melhor b) se importaram ou c) demonstram simpatia por qualquer um aqui que não sejam seus advogados é uma balela que já matou muitas crianças e não será aceito. Muitas crianças estão morrendo debaixo do nariz da Tusla".

Ela também aproveitou o momento para agradecer aos funcionários da Riverside por todo amor ao seu filho e a Donal Lynny, pai de Shane. Sinéad também deixou uma mensagem a todos os adolescentes e crianças que estão tentando suicídio, dizendo que "suicídio não trará nenhuma paz, é uma mentira."

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda no CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade.

O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil