PUBLICIDADE
Topo

Controverso, pastor que tinha dinheiro na parede tem fortuna de R$ 550 mi

Joel Osteen é um famoso pastor evangélico da TV dos EUA, dono da mega igreja Lakewood Church - Reprodução
Joel Osteen é um famoso pastor evangélico da TV dos EUA, dono da mega igreja Lakewood Church Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

06/12/2021 08h51Atualizada em 06/12/2021 14h46

O pastor e autor Joel Osteen deparou com o nome da Lakewood Church, localizada em Houston, no Texas, no noticiário mais uma vez após um encanador achar uma fortuna no valor de R$ 3,3 milhões que estava escondida na parede de sua igreja.

O caso aconteceu no dia 10 de novembro. Policiais investigam se o dinheiro faz parte do montante de cerca de R$ 3,3 milhões que sumiu dos cofres da Lakewood em um roubo que ocorreu em 2014, devido as datas que constam nos cheques.

Ao The New York Times, um porta-voz da igreja informou que "uma quantia não revelada de dinheiro e cheques foi encontrada" durante a reforma, e reiterou que o caso está sob investigação.

Osteen já teve o nome envolvido em outra polêmica com dinheiro. Em outubro, ele foi criticado por ter entrado em um programa de incentivo a pequenos empresários em razão da pandemia para pagar funcionários — seguidores questionaram como ele precisava do benefício.

A igreja foi beneficiada com US$ 4,4 milhões (R$ 24 milhões). Segundo a imprensa americana, ele tem uma fortuna estimada em R$ 550 milhões (US$ 100 milhões).

De acordo com o Daily Mail, a Lakewood argumentou que o fechamento durante a pandemia impediu as coletas semanais. O endereço mais recente seria uma mansão de seis quartos e oito banheiros no bairro de River Oaks em Houston, avaliada em US$ 15 milhões (cerca de R$ 84 milhões).

O porta-voz da Lakewood afirmou que a igreja entrou no programa econômico após "incertezas" com a covid, mas defendeu que nenhum valor foi destinado a Joel Osteen e a esposa, Victoria Osteen.

Mais de 1.000 instituições religiosas em Houston foram aprovadas para empréstimos, mesmo que não paguem impostos de acordo com uma lei federal. O porta-voz afirmou que o empréstimo foi totalmente quitado (ele era perdoado caso a empresa mantivesse a folha de pagamento)

A igreja é a maior do país e pode receber 16.800 fiéis. Osteen é o pastor a frente da congregação, sucedendo o pai, John Osteen.

O pastor da estrelas

Kanye e Joel Osteen - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Joel Osteen e Kanye West
Imagem: Reprodução/YouTube

Osteen trabalhava com negócios midiáticos, chegando a ser produtor e criar um programa de TV antes de se dedicar integralmente como pastor e proferir a teologia da prosperidade, em que a riqueza e poder seria uma retribuição de Deus.

O ramo seguiu após ele assumir a Lakewood após a morte do pai, em 1999. O Deadline estima que suas pregações sejam acompanhadas por 10 milhões de telespectadores em seus programas semanais em Houston.

No YouTube, Osteen tem mais de 2 milhões de inscritos e mais de 325 milhões de visualizações. A igreja também conta com transmissões via rádio pela Sirius XM.

Entre as pregações, ele recebeu o cantor Ye, antigo Kanye West, em 2019. No ano seguinte, o rapper — que se converteu cristão e vem lançando músicas de cunho religioso — se lançou candidato a presidência dos Estados Unidos.

Os dois trabalharam juntos em 2020 no "Sunday Service", uma cerimônia religiosa realizada pelo rapper semanalmente. Osteen pregou no evento e comparou a abertura em que Kanye andava sobre as águas com Jesus Cristo.

Estou observando esses bons homens e mulheres cantando, parece que estão andando sobre as águas e minha mente volta àquela época em que Jesus convidou Pedro a andar sobre as águas. Joel Osteen

Além de Ye, Joel foi elogiado por Oprah Winfrey em um podcast da apresentadora. Oprah disse que o pastor Osteen mudou a maneira como ela fala do poder em sua vida.

Igreja em estádio e primeira pregação

Joel Osteen diz que fez sua primeira pregação enquanto o pai estava internado por complicações renais. Ele assumiu o compromisso pela primeira vez e, uma semana depois, o pai morreu.

"O primeiro sermão de Joel foi o último que seu pai ouviu. Joel e sua esposa, Victoria, foram repentinamente colocados na liderança de tempo integral da Igreja de Lakewood", informa o site oficial do pastor.

A Lakewood construiu o auditório no Compaq Center, antiga casa dos Houston Rockets da NBA. A estreia do local foi em 2005.

Lakewood - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Auditório da Lakewood, igreja de Joel Osteen
Imagem: Reprodução/YouTube

A igreja permaneceu fechada em razão das medidas de prevenção da covid-19. A reabertura foi em outubro do ano passado com Osteen "emocionado" — ele fazia lives e pregações no auditório vazio.

Osteen também escreveu best-seller na mesma linha da teologia da prosperidade, indicando possíveis vitórias pessoais e plenitude.

Polêmica com ajuda comunitária

Joel Osteen - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
O pastor Joel Osteen durante pregação
Imagem: Reprodução/YouTube

Em 2017, Osteen foi ciriticado por supostamente não abrir a igreja após a passagem do furacão Harvey em Houston. Cerca de 100 pessoas morreram.

A NBC News disse que Osteen não abriu a igreja porque ela também foi inundada. O pastor rebateu que não tenha prestado apoio: "Victoria e eu nos preocupamos profundamente com nossos companheiros de Houston. As portas de Lakewood estão abertas e estamos recebendo qualquer pessoa que precise de abrigo", escreveu ele no Twitter.

Em fevereiro deste ano, os rumores ressurgiram, agora em razão das baixas temperaturas. O USA Today apurou que a igreja permaneceu aberto para ajudar aqueles sem energia e abrigo.

Cerca de 300 pessoas teriam sido atendidas.