PUBLICIDADE
Topo

Novo filme de Karim Aïnouz será estrelado por Jude Law e Michelle Williams

O diretor brasileiro Karim Ainouz - Oleg Nikishin\TASS via Getty Images
O diretor brasileiro Karim Ainouz Imagem: Oleg Nikishin\TASS via Getty Images

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

28/10/2021 16h19

Os atores Jude Law e Michelle Williams vão protagonizar o novo terror psicológico do diretor brasileiro Karim Aïnouz, "Firebrand". O longa-metragem será ambientado na Inglaterra da violenta dinastia Tudor e reconstruirá a história da rainha Catherine Parr, sexta e última esposa de Henrique 8º. O projeto terá produção de Gabrielle Tana (do filme "A Escavação") e roteiro das irmãs Henrietta e Jessica Ashworth (da série "Killing Eve"). "Firebrand" começa a ser rodado no início de 2022.

Em entrevista ao portal norte-americano Deadline, o diretor diz que "Fireband" lançará um 'olhar modernista' sobre a realeza inglesa e a respeito da 'ideia clássica da mulher presa num castelo com um monstro'. "Catherine Parr é uma mulher que merece um retrato. Muita coisa foi contada sobre o rei e as esposas que morreram. Mas é importante olhar para alguém que foi mais forte do que as forças ao seu redor", disse, na ocasião.

Michelle, que dará vida à rainha Catherine, foi indicada quatro vezes ao Oscar (por "O Segredo de Brokeback Mountain", "Namorados para Sempre", "Sete Dias com Marilyn" e "Manchester à Beira-mar"), venceu um Emmy e um Globo de Ouro (ambos por "Fosse/Vergon"). Já Jude, o Henrique 8º na ficção, foi indicado ao Oscar duas vezes ao Oscar (por "O Talentoso Ripley" e "Could Mountain") e quatro ao Globo de Ouro (por "O Talentoso Ripley", "A.I. - Inteligência Artificial", "Could Mountain" e "O Jovem Papa"). Karim esteve no Festival de Cannes deste ano, para exibir seu longa inédito, "O Marinheiro das Montanhas". O cearense ganhou a mostra "Um Certo Olhar", também do Festival, em 2019, com o filme "A Vida Invisível".

Escolha dos atores

Também em entrevista ao Deadline, o diretor fala um pouco sobre a escolha dos atores. "Acho que é importante revisitar narrativas que foram transmitidas como histórias de amor românticas. Henry é uma figura interessante, mas extremamente violenta, o que estava em sintonia com a época. Jude Law não o interpretará daquele jeito clichê como o homem gordo comendo coxa de peru. Jude entendeu como esse cara era completo, não um personagem adorável, mas o homem mais poderoso de seu tempo", conta.

Já sobre a protagonista, Aïnouz aponta que "Michelle Williams imediatamente veio à sua mente" quando pensou no longa. "Admiro muito suas escolhas profissionais, como em 'O Segredo de Brokeback Mountain', e há algo fascinante sobre ela cada vez que a redescubro numa performance", elogia.