PUBLICIDADE
Topo

'A Culpa é do Cabral' festeja 5 anos: 'Comédia só funciona sem censura'

"A Culpa é do Cabral" estreia 10ª temporada no dia 25 - Cleiby Trevisan
'A Culpa é do Cabral' estreia 10ª temporada no dia 25 Imagem: Cleiby Trevisan

Daniel Palomares

De Splash, em São Paulo

22/10/2021 13h33

A décima temporada do "A Culpa é do Cabral" estreia na próxima segunda, às 22h no Comedy Central. Em papo com a imprensa na manhã de hoje, os humoristas Rafael Portugal e Thiago Ventura admitiram que nunca imaginariam tamanho sucesso do programa, no ar há cinco anos.

"A gente não tinha esperança que ia dar certo. Do nada, estão dando programa para gente? Que ainda precisa pagar aluguel?", relembra Ventura. "Hoje, os pais nos enviam vídeos das crianças, tem senhorinha na plateia assistindo... A família toda acompanha. É uma energia muito legal", festeja Portugal.

No primeiro programa da nova temporada, o time de humoristas, que ainda inclui Fabiano Cambota, Nando Viana e Rodrigo Marques, recebe As Patroas, Marília Mendonça e Maiara e Maraísa, no palco. Fingir costume perto de tantos ícones ainda é algo que assusta. "A gente não tinha noção que tantos famosos acompanhavam. A Xuxa veio falar comigo!", comemora Ventura.

jtyytty - Cleiby Trevisan - Cleiby Trevisan
As Patroas foram convidadas do episódio de estreia da nova temporada de 'A Culpa é do Cabral'
Imagem: Cleiby Trevisan

Limites do humor

Com a política cada vez mais difícil de acompanhar, será que cabe falar do assunto durante o programa? Ventura e Portugal explicam que a escolha de não falar de assuntos muito específicos do nosso tempo tem a ver com a preocupação em tornar a atração atemporal, mas também não escondem a preocupação com o que pode ou não ser dito.

"Nunca tivemos espaço para falar de política. A gente simplesmente não fala. Eu faço Porta [dos Fundos]. Há pouco tempo, teve polêmica sobre um vídeo gordofóbico. O Porchat fez uma live explicando. A gente não pode sofrer censura, mas o falar gera consequências, discussões", opina Rafael.

A comédia só funciona sem censura, mas tem os patrocinadores, tem demandas internas. O delay surgiu por um comediante de stand-up, para conseguirem cortar o que uma pessoa pode falar na TV. Esse corte acaba castrando os comediantes. Não tem como falar mais nada sem receber um processo. As pessoas não confiam mais no humor.

Thiago Ventura

fghtyyjt - Cleiby Trevisan - Cleiby Trevisan
Rafael Portugal em 'A Culpa é do Cabral': humorista enfrentou síndrome do pânico durante pandemia
Imagem: Cleiby Trevisan

Desafios da pandemia

Fazer rir no meio do cenário atual, com a pandemia e a crise financeira, é um desafio ainda maior. Ventura e Portugal falaram da dificuldade que enfrentaram para se readaptar a nova realidade e pensar em novas piadas.

Me peguei numa síndrome do pânico. Tomei remédio, precisei de psicólogo. Perdi pessoas pela covid. Tinha que fazer humor estando muito triste.

Rafael Portugal

"Fechou um pouco o cano da criatividade", admite Thiago Ventura. "Eu vejo a demanda de comediantes stand-up crescendo. Aumentei em 2 milhões de seguidores na pandemia. As pessoas querem alguém que as tire dessa rotina para baixo. A minha previsão é que o público de comédia triplique. A galera está sedenta!", festeja.